O Red Hot Chili Peppers está dominando o mundo e as manchetes novamente com a divulgação do novo disco The Getaway e sua respectiva turnê.

Ontem nós tivemos o carismático Anthony Kiedis falando sobre o ex-guitarrista John Frusciante, e dessa vez, o vocalista abriu o jogo sobre temas como paternidade e adolescentes fumando maconha.

Falando sobre seu filho, o pequeno chamado Everly Bear – que está prestes a completar 10 anos -, ele disse: “É a primeira vez que existe algo na minha vida mais importante do que eu mesmo. Eu quero que ele se sinta seguro, sempre – algo que simplesmente não aconteceu na minha infância. E é um tempo de muito crescimento pra mim.”

E já que ele tocou no assunto de sua infância, que foi conturbada e marcada pelo uso de drogas, Kiedis foi perguntado sobre como reagirá quando seu próprio filho fumar o primeiro baseado. Olha aí a resposta:

Bom, eu posso garantir que ele não arrumará isso comigo. De toda forma, eu acho que fumar maconha é uma experiência positiva, porque ela expande a consciência. Cocaína é diferente. Se existe qualquer efeito bom na cocaína, ele é todo ofuscado pela dor e pela loucura.

Kiedis, que já enfrentou e superou seus problemas com drogas no passado, estendeu o assunto sem medo e tocou na questão da legalização da maconha. Segundo o cara, os estados que permitem a venda da erva estão se beneficiando, pois “não houve aumento de crimes ou acidentes de carro, por exemplo,” e finalizou dizendo que o problema não é bem as drogas em si, mas o quanto as pessoas abusam delas.

John Mayer curtiu isso.

As músicas do The Getaway já estão disponíveis pra audição, ouça abaixo.