O músico, ator, diretor e compositor Jared Leto mal terminou seu trabalho no filme “Esquadrão Suicida” e já está envolvido em um novo projeto. Ele será produtor executivo do documentário cult “Holy Hell”, ou, “Santo Inferno” em uma tradução livre.

A informação foi divulgada pela Variety em um post exclusivo. O filme deve estrear no Festival de Sundance no próximo ano. O longa-metragem sobre religião será “implacável, assombroso e inesquecível,” disse Leto.

“Este documentário expõe e nos leva a uma bela e bizarra jornada em busca de fé, amor e família, mas acaba nos mostrando como o negócio da espiritualidade, poder e corrupção é, muitas vezes, um ménage à trois da religião,” afirmou o artista.

“Holy Hell” terá direção assinada por Will Allen, seu primeiro longa-metragem, e foca em uma comunidade espiritual da Califórnia que atende pelo nome de The Budha Field.

“É uma honra ser capaz de trabalhar com um artista que eu respeito muito, especialmente no meu primeiro documentário de longa-metragem. Eu admiro seu trabalho e carreira desde Prefontaine.”

Atualmente o diretor está trabalhando com Andrew Herwitz da distribuidora de filmes The Sales Company para vendas domésticas e internacionais, e com John Sloss da Cinetic Media pelos direitos de remakes.