Entenda o termo nepo-baby (foto com Ethan Hawke, Maya Hawke e Uma Thurman)
Fotos de Ethan Hawke, Maya Hawke e Uma Thurman via Shutterstock

Nos últimos dias, o termo Nepo-Baby (ou Nepo-Babies) vem se tornando assunto entre algumas das principais celebridades do mundo. Isso tudo vem acontecendo por causa de uma capa da revista New York.

A publicação trouxe alguns rostos famosos em corpos de bebês e, junto disso, a manchete “She Has Her Mother’s Eyes. And Agent”, que se traduz para algo como “Ela tem os olhos da mãe. E o agente”, tendo como objetivo explicar o boom de nepo-babies — termo usado para se referir a filhos de famosos, associando-os ao nepotismo praticado em Hollywood.

Como mostramos por aqui, a repercussão levou à revolta de alguns filhos de famosos, como foi o caso de Lily Allen. Ela acabou inclusive virando piada na internet por expor que, na sua visão, não deveriam ser os nepo-babies artistas os alvos, mas sim os que estão em escritórios de advocacia, política e afins.

Para o público, entretanto, é perfeitamente possível reclamar de ambos ao mesmo tempo, e muita gente não tinha nem noção de quantos nepo-babies estão presentes no mundo dos famosos.

Portal montou “guia” com filhos de famosos em Hollywood

Por isso mesmo, o portal Vulture montou um infográfico que serve como uma espécie de “guia”, mostrando as relações parentais que moldaram a Hollywood dos dias atuais e que muitas pessoas não fazem ideia, como ficou claro pelos comentários que tomaram conta das plataformas digitais.

Um exemplo interessante é o da família Abrams, que teve início com o casal Gerald W. Abrams, produtor de TV, e a produtora Carol Ann Abrams. Os dois são pais do diretor de cinema J.J. Abrams, que por sua vez é pai da jovem cantora Gracie Abrams, que lançou seu primeiro EP em 2020 e já em 2023 irá abrir shows de ninguém menos que Taylor Swift.

São situações como essa que levantam a discussão sobre o privilégio recebido pelos nepo-babies; no caso de Lily Allen, citado acima, mesmo os grandes fãs da cantora pedem que ela reconheça o quanto seu caminho foi facilitado pelos laços familiares, explicando que ela deve, sim, ser chamada de nepo-baby ainda que seja extremamente talentosa.

Há, também, várias críticas ao próprio processo de seleção de alguns diretores específicos. No caso de Quentin Tarantino, por exemplo, o filme Era Uma Vez em Hollywood tem a presença de simplesmente oito nepo-babies que fazem parte do guia montado pela Vulture, incluindo a talentosíssima Maya Hawke, conhecida também por Stranger Things e que é filha do ator Ethan Hawke com a atriz Uma Thurman.

E no Brasil?

Se engana quem pensar que os nepo-babies são exclusivos de Hollywood. No Brasil, a prática também é bastante comum e uma thread no Twitter já reuniu diversos nomes que vão do cinema à música, incluindo exemplos bastante conhecidos, como Sandy e Júnior (filhos de Xororó, da dupla com Chitãozinho) e outros menos famosos, como Regina Casé, filha de Geraldo Casé, um produtor, escritor, diretor de TV e apresentador de rádio.

Você pode conferir mais nomes pela postagem a seguir e acessar o guia de Hollywood feito pela Vulture clicando aqui.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! METAL

Nu Metal, Metalcore, Heavy Metal, Thrash e muito mais: todo peso das guitarras aparece na Playlist TMDQA! Metal para você ouvir clássicos e conhecer novas bandas agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!