oão Gordo Rafinha Bastos
Reprodução/YouTube

João Gordo nunca escondeu que sua carreira no Punk foi regada a drogas, especialmente nas turnês que realizou com os Ratos de Porão. Agora, o vocalista relembrou as piores experiências que teve com os entorpecentes.

Em participação no podcast Mais que 8 Minutos, de Rafinha Bastos (veja um corte em vídeo do programa no fim desta matéria), João lembrou episódios no mínimo muito loucos durante shows da banda na Europa.

Quando o apresentador questiona o melhor show que o cantor já viu na vida, ele responde que foi a passagem dos Ramones por São Paulo em 1991, quando os Ratos de Porão abriram três datas da lendária banda Punk por aqui.

Na ocasião, João Gordo foi convidado todas as noites para cantar ao lado do grupo. Mas, na verdade, ele não tem muitas memórias da ocasião:

Eu não lembro, eu tava muito louco. Eu cheirei, tomei ácido, dei cambalhota, bati a cabeça na parede.

Pior experiência de João Gordo com drogas foi na Inglaterra

Mas essa não foi a pior experiência de João Gordo com as drogas. No mesmo papo, ele lembrou quando sua banda esteve em Bristol, na Inglaterra, tocando ao lado de outras bandas gigantes na cena como Chaos UK e Chaotic Dischord:

Teve vários shows na Europa fodas também. Nessas cidades das bandas que a gente sempre cultuou, e fomos lá fazer shows, tipo em Bristol. A plateia era Chaos UK, Chaotic Dischord, e os caras vendo a gente tocar. Eu pirei, tomei uma bomba de speed, que é anfetamina. Você toma que nem uma pílula, com cerveja, só uma grama, e fica três dias sem graça, arreganhado, sem dormir. Nunca mais vou fazer isso, mas tomei em Bristol com os punks.

Melhor não repetir mesmo! Vale lembrar que, recentemente, o cantor deu detalhes do seu estado de saúde, revelando que “está fraco” e tem precisado ir ao hospital a cada dois dias para repor vitaminas.

João Gordou lançou o disco Brutal Brega

Em tempo, João Gordo acaba de lançar o disco Brutal Brega, em que faz versões Punk de clássicos da música popular brasileira, incluindo hits de Reginaldo Rossi, Sidney Magal e Jane e Herondy.

LEIA TAMBÉM: João Gordo elogia Anitta, mas diz que Sepultura foi quem “desbravou” mercado internacional

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!