Michael Jackson Thriller Halloween
Foto: Reprodução/YouTube

Em meio a muitas reclamações dos fãs de Michael Jackson, a Sony Music resolveu retirar dos serviços de streaming três canções que apareceram no álbum póstumo do saudoso Rei do Pop lançado em 2010.

O anúncio da remoção das faixas foi feito nesta terça-feira (5) pela gravadora junto com os responsáveis pelo espólio do cantor.

Intitulado Michael, o disco vem sendo acusado de não contar com a real voz de Jackson nas músicas “Breaking News”, “Keep Your Head Up” e “Monster”, esta última em colaboração com 50 Cent.

Apesar disso, o comunicado para a imprensa afirma que a retirada das canções das plataformas digitais não teria relação com a suspeita de fraude na voz do artista (via Billboard):

A remoção dessas três músicas não tem nada a ver com sua autenticidade. A discussão sobre as faixas está distraindo a comunidade de fãs e os ouvintes de Michael Jackson de focar sua atenção onde deveria estar – nos projetos existentes e empolgantes que celebram o legado de Michael Jackson, como a peça da Broadway vencedora do Tony ‘MJ: The Musical’, o popular show em Las Vegas ‘Michael Jackson ONE’, uma cinebiografia que está vindo e o aniversário pelos 40 anos em Novembro de ‘Thriller’, o álbum mais vendido da história. As outras faixas do disco [‘Michael’] continuam disponíveis. Nada deve ser motivo de preocupação no sentido de questionar a autenticidade das canções – é apenas hora de seguir em frente e superar a distração em volta delas.

Deu para acreditar? Relembre “Breaking News” ao final da matéria!

Suspeita de falsificação na voz de Michael Jackson

O caso envolvendo a voz de Michael no disco póstumo é antigo e foi levado à justiça em 2014, quando uma fã chamada Vera Serova entrou com ação coletiva para acusar os vocais falsos nas canções.

Em Agosto de 2018, a Sony e o espólio de Jackson venceram no tribunal, mas os fãs continuaram especulando sobre o assunto. Eles afirmam que, na verdade, a voz que aparece em Michael é do cantor Jason Malachi. No entanto, até hoje nada foi provado.

Além do álbum de 2010, Michael Jackson ganhou outro trabalho de estúdio depois de sua morte. Xscape saiu em 2014 com oito faixas inéditas e contém demos antigas do cantor lapidadas por outros artistas como Timbaland.

LEIA TAMBÉM: Finalmente: criador de Sonic confirma que Michael Jackson compôs trilha sonora de jogo de 1994

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! ALTERNATIVO

Clássicos, lançamentos, Indie, Punk, Metal e muito mais: ouça agora mesmo a Playlist TMDQA! Alternativo e siga o TMDQA! no Spotify!

 

Compartilhar