Flavor Flav, do Public Enemy
Foto de Flavor Flav via Shutterstock
Ouça o novo disco de Diego Tavares!  

Cofundador do Public Enemy, Flavor Flav foi preso no último dia 5 de Outubro pela polícia de Henderson, no estado de Nevada, sob acusação de violência doméstica, segundo informou o TMZ (via Consequence).

De acordo com o portal, a vítima é uma mulher e disse às autoridades que Flavor teria supostamente enfiado o dedo no nariz dela, a agarrando e a jogando no chão. Além disso, o rapper teria arrancado um telefone da mão da vítima, que não teve sua identidade revelada.

Flav foi levado para o Centro de Detenção da cidade e foi liberado após pagar fiança. O músico tem uma audiência sobre o caso marcada na Corte para 25 de Outubro.

O triste episódio acontece no mesmo período em que Flavor celebra seu primeiro ano de sobriedade, segundo seu empresário. O integrante do Public Enemy também havia completado 15 meses livre do vício em cigarros.

Pena de Flavor Flav pode chegar a seis meses

Se condenado, Flav pode pegar de dois dias a seis meses de prisão, além de estar sujeito a aconselhamento sobre violência doméstica e cumprimento de 40 a 120 horas de serviço comunitário.

O advogado do artista, David Chesnoff, se manifestou para falar sobre a situação de seu cliente:

Em casos de alegada violência doméstica, geralmente há dois lados da história e vamos explicar nosso lado no tribunal, não na mídia.

Que a justiça seja feita.

LEIA TAMBÉM: R. Kelly: após condenação e prisão, vendas do músico sobem 500%

Ouça a nova música de Juliah!      
Compartilhar