Ariana Grande - Breathin
Reprodução/YouTube
 

Em homenagem ao Dia Internacional da Saúde Mental, celebrado todo dia 10 de Outubro, Ariana Grande anunciou em seu Instagram a doação de US$5 milhões (aproximadamente R$27,5 milhões) para que pessoas que não têm fácil acesso a psicólogos e psiquiatras possam realizar terapias gratuitas.

A instituição que vai receber o dinheiro da diva pop é a Better Help, conhecida por fornecer tratamento gratuito para pessoas de baixa renda e que já havia feito parceria com Ariana antes. Na postagem, a cantora escreveu:

Eu sei que existem muitas barreiras quando se trata de acesso a tratamentos de saúde mental. Ainda que esse seja apenas um pequeno gesto (e um problema sistêmico muito maior continue), quero fazer isso de novo com a Better Help na esperança de fornecer acesso para algumas pessoas mais e quem sabe inspirar alguns de vocês a tentarem algo novo e priorizarem sua própria cura.

De acordo com a NME, aqueles que se candidatarem ao programa receberão um mês de terapia grátis e, após o período, será possível a extensão do tratamento com direito a 15% de desconto oferecido pela Better Help.

Em Junho, a cantora já havia doado R$5 milhões para a causa e seguiu os mesmos moldes de participação.

Ariana Grande, Mac Miller e atentado

Ariana, que já declarou sofrer de ansiedade, namorou o rapper Mac Miller, encontrado morto em 2018 depois de sofrer uma overdose de cocaína, álcool e fentanil. O falecimento do artista que lutava contra depressão e o abuso de drogas deixou a cantora bastante abalada na época.

Além disso, em Maio de 2017, uma explosão matou 22 pessoas e feriu outras 59 durante um show da cantora na Manchester Arena, no Reino Unido, o que também lhe afetou profundamente.

Olivia Rodrigo também fala sobre saúde mental

Em entrevista recente para a CBS Sunday Morning, Olivia Rodrigo foi mais uma estrela do mundo Pop a tocar no assunto da saúde mental. A jovem artista falou sobre o impacto que a terapia causou na sua vida:

Eu não tinha realmente começado a ir até os 16 anos e foi um momento realmente grande, de mudança de vida, e aprendi muito sobre mim mesma.

Na mesma entrevista, ela foi questionada se foi uma decisão dela mesma:

Sim, foi. Acho que às vezes há um estigma em torno disso também. Às vezes as pessoas ficam tipo, ‘Ah, você não precisa disso, você tem tanto. Sua vida está ótima, quais são seus problemas?’ Eu acho que isso é definitivamente algo que as pessoas mais velhas podem fazer com as pessoas mais jovens — banalizar o que elas estão passando porque ‘elas estão bem, elas são apenas crianças, elas vão superar isso’.

Sempre bom lembrar da importância de cuidar da nossa saúde mental, né? Confira a seguir a postagem de Ariana Grande no Instagram!

LEIA TAMBÉM: Do Pop ao Soul: Christina Aguilera e uma carreira marcada pelo sucesso

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Ariana Grande (@arianagrande)

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.
 
Compartilhar