Vocalista do Trivium chama Machine Gun Kelly de
Fotos via Wikimedia Commons e divulgação
 

Matt Heafy, vocalista e guitarrista do Trivium, recentemente fez duras críticas a Machine Gun Kelly.

O músico decidiu se manifestar sobre a polêmica gerada após o artista Pop Punker ter atacado o Slipknot durante seu show no Riot Fest em Chicago, evento em que a banda liderada por Corey Taylor também tocou.

Em um determinado momento de sua apresentação, Kelly declarou que estava feliz por não ter 50 anos de idade e estar “usando uma máscara esquisita do caralho na porra do palco, falando merda”.

A provocação do cantor chegou após Corey Taylor recentemente declarar, sem citar nomes, que odeia músicos que “não se dão bem em um gênero e migram para o Rock”. Como muitos sabem, Machine Gun Kelly iniciou sua carreira musical como rapper e depois passou a investir em uma pegada Pop Punk.

Matt Heafy, do Trivium, rebate comentário de Machine Gun Kelly

O frontman do Trivium quis expor sua opinião sobre o posicionamento de MGK acerca do Slipknot, que o deixou bastante inconformado. Em sua conta do Twitter, o músico declarou:

Eu gostaria de criticar formalmente Machine Gun Kelly por ‘ter 31 anos e se fantasiar com uma identidade pop punk de 16 anos em uma porra de palco’.

Em seguida, Heafy apelidou Kelly de “Squirt Gun Smelly” (algo como “Fedorento da Arminha de Água”, um trocadilho com o pseudônimo do artista que se traduz para “Kelly Metralhadora”) e acrescentou:

Eu nunca pensei sobre ele até que ele atacou o Slipknot — que é um banda que abriu o caminho para bandas como a minha. Milhares de bandas como a minha. Squirt Gun é um caçador de influência. E mesmo que seja tudo uma tentativa de chamar atenção, um ataque ao Slipknot precisa ser comentado.

Por último, Matt fez um comentário sarcástico, dizendo:

Gostaria de me desculpar publicamente por meus comentários de mau gosto sobre MGK. Acabei de descobrir que ele sofre da variante Ligma. Está realmente ficando puxado lá fora. Pensamentos e orações, mano.

Confira todos os tweets do músico do Trivium ao final da matéria.

Treta de Machine Gun Kelly e Slipknot

Depois de ter zoado a lendária banda de Heavy Metal, MGK afirmou em sua conta do Twitter que Taylor teria uma participação especial em seu disco Tickets to My Downfall, mas que o resultado teria “ficado uma merda” e por isso foi descartada.

O vocalista do Slipknot não curtiu a história contada por Kelly e, com prints de e-mails trocados com Travis Barker, que foi um dos grandes colaboradores do álbum de MGK, expôs seu lado na “fanfic” do artista. Confira todos os detalhes aqui.

Por fim, Machine Gun Kelly parece mesmo estar com disposição para ficar arrumando novas confusões. No último final de semana, o “ex-rapper” tocou no Louder Than Life e além de ser constantemente vaiado pelo público, o músico se desentendeu com alguém que estava no palco e aparentemente deu um soco em um homem que vinha sendo agarrado por seguranças.

   
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.