Nova York - Times Square
Foto: Wikimedia Commons
 

Mesmo com o avanço da vacinação em Nova York, serão estabelecidas novas regras para frequentar ambientes fechados da cidade.

Durante uma entrevista coletiva realizada nesta terça-feira (3), o prefeito Bill de Blasio anunciou que será exigido um passaporte de vacinação da COVID-19 para entrar em restaurantes fechados, ir à academia ou para comparecer em cinemas e shows.

Intitulada “Key to NYC Pass”, que em tradução livre é algo como “Passe Chave para Nova York”, a nova medida será implementada gradualmente durante o mês de Agosto e a partir de 13 de Setembro, depois do Dia do Trabalho por lá, as inspeções e fiscalizações serão iniciadas. Sobre a nova política, Blasio disse (via Brooklyn Vegan):

Isso exigirá vacinação para trabalhadores e clientes em refeitórios internos, em instalações de ginástica internas e instalações de entretenimento internas. A única maneira de frequentar os locais fechados é se você estiver vacinado. Isso é crucial, porque sabemos que vai estimular muito mais a vacinação.

De acordo com o prefeito, as pessoas poderão comprovar que foram vacinadas através do aplicativo Excelsior Pass ou do seu cartão de vacina em papel.

Vale destacar que um resultado de teste de COVID-19 negativo não será válido para substituir a comprovação da vacina.

Comprovante de vacina em Nova York

Mesmo sem exigir novamente o uso obrigatório de máscaras para aqueles que já estão totalmente vacinados, a nova determinação surgiu da preocupação de Bill de Blasio com o aumento de casos da variante Delta nos Estados Unidos.

Na última semana, o prefeito disse durante o programa Morning Joe da emissora MSNBC que “consideraria seriamente” adotar as medidas utilizadas no programa de passaporte de vacina da França:

Temos que sacudir as pessoas neste momento e dizer, ‘Vamos agora’. Tentamos voluntariamente. Não poderíamos ter sido mais gentis e compassivos. Testes grátis, em todos os lugares, incentivos, amizade, abraço caloroso. A fase voluntária acabou. É hora de mandatos, porque é a única maneira de proteger nosso povo.

Antes mesmo do novo decreto ser anunciado, alguns locais de Nova York já tinham divulgado suas próprias regras relacionadas às vacinas, exigindo comprovantes de que as pessoas foram imunizadas.

Recentemente, te contamos que a Netflix também irá exigir vacina contra a COVID-19 para todos que estiverem envolvidos diretamente com seus projetos e os 41 teatros da Broadway também determinaram que seu público, atores e equipes apresentem comprovantes de vacinação e usem máscaras durante performances.

LEIA TAMBÉM: Com longas filas, Inglaterra reabre boates e pode exigir vacinação em breve