Espetáculo na Brodway
Crédito: divulgação
 

Diante do aumento de casos de COVID-19 nos Estados Unidos, todos os 41 teatros da Broadway passaram a exigir que o público comprove vacinação contra a doença na entrada dos espetáculos.

Como informou a Consequence, também é obrigatório que os pagantes estejam usando máscaras para que o acesso ao interior do teatro seja liberado.

Uma vez dentro do teatro, as máscaras não podem ser retiradas do rosto, exceto se a pessoa estiver comendo ou bebendo, o que precisa ser feito em uma área específica.

As regras, que devem durar até 31 de Outubro, valem ainda para todos os atores e equipes.

Vacinas e máscaras na Broadway

As únicas condições em que estas obrigações ficam suspensas são quando se tratar de crianças com menos de 12 anos e pessoas com recomendações médicas ou com crenças religiosas que impedem a vacinação. Nestes casos, elas precisam apresentar um teste negativo de PCR emitido até três dias antes da data do espetáculo.

Os teatros da Broadway permaneceram fechados por mais de um ano, até serem reabertos durante o verão americano, ou seja, algumas semanas atrás.

Em comunicado em nome da comunidade da lendária rua teatral em Nova York, Nick Scandalios afirmou que as medidas asseguram que o local siga funcionando enquanto os casos de COVID nos Estados Unidos seguem em crescimento:

A partir destes procedimentos e em reconhecimento da alta taxa de vacinação da audiência em Nova York, a Broadway continua a ter a segurança como prioridade. Enquanto a gente se prepara para o grande retorno da Broadway, toda a comunidade do teatro está comprometida com o mais alto grau de saúde pública. Nós estamos ansiosos para receber nossos tantos fãs de volta à magia da Broadway.

Tudo em nome da segurança!

LEIA TAMBÉM: Decisão é alterada e shows de Bruce Springsteen na Broadway serão abertos a fãs com mais tipos de vacina

 
Compartilhar