Tom Morello em entrevista sobre suas origens
Reprodução/YouTube
 

Hoje em dia, Tom Morello é um dos guitarristas mais respeitados do mundo todo por sua técnica espetacular e por seu estilo inovador com o instrumento.

Suas bandas, dentre as quais vale destacar o Rage Against the Machine e o Audioslave, se tornaram ícones do Rock and Roll e principalmente da música de protesto, já que sempre trouxeram mensagens fortes e críticas sociais em meio à sonoridade do Rock.

Mas toda história tem um começo, e com Tom não foi diferente. Em um especial fantástico para a Fender, o músico falou sobre suas origens e deixou bem claro que não escolheu ser guitarrista — “a guitarra me escolheu”, ele diz.

Citando o ambiente “conservador” em que cresceu, Morello apresenta um relato forte sobre o poder do Rock e como a música serviu como “janela para outro mundo” em sua vida:

No subúrbio que eu cresci… era um subúrbio maliciosamente conservador e de mente fechada, e a música era meio que uma janela para outro mundo. Parecia ser uma ligação com um tipo de existência diferente, que transcendia a cidade pequena em que eu estava e as pequenas ideias que estavam naquela cidade.

O que me levou à música inicialmente foi o The Temptations, discos de música clássica, War, álbuns que minha mãe tinha. Mas o que realmente acendeu meu amor pelo Rock and Roll foi a música que eu podia chamar de minha, que era a música Heavy Metal. Foi aquele tipo de Rock escapista, no qual embora eu amasse o poder e a agressão da música, havia elementos com os quais eu me sentia totalmente desconfortável. Havia esse aspecto estranho e falso de adoração ao diabo, que eu achava francamente meio bobo, mas eu adorava as guitarras e os guitarristas. Então [veio] a música Punk Rock, e quando isso finalmente chegou no subúrbio do norte de Chicago, foi quando eu comecei a tocar guitarra.

Essas palavras intensas estão todas dentro dos primeiros segundos de um vídeo com mais de 20 minutos no qual Tom Morello revisita sua trajetória e, claro, nos agracia com algumas demonstrações de seus talentos na guitarra.

Vale muito a pena conferir e você pode assisti-lo na íntegra com tradução em português logo abaixo!

Tom Morello, o Rock e a guitarra