Deadman Dance toca Black Sabbath
Foto por Rosana Campos
 

É impossível pensar no Black Sabbath sem uma guitarra, certo? Errado!

O trio brasileiro Deadman Dance resolveu regravar o clássico “Paranoid” com uma perspectiva totalmente única, substituindo as cordas de Tony Iommi pelo violino cheio de distorção de Eduardo Geraissate, que também comanda os vocais da faixa. Completam a banda Rafaela Antonelli na bateria e Henrique Codonho no baixo.

A cover faz parte da coletânea Swamp Sabbath, lançada pelo selo americano Swamp Records com 14 versões de clássicos da banda de Heavy Metal. Gravada ao vivo em estúdio para captar a energia dos músicos nessa troca em tempo real, a canção segue a linha do EP de estreia da banda brasileira, Ticking Clocks.

Sobre o projeto e a decisão de usar o instrumento com muito fuzz, Eduardo comenta:

Além de um carinho imenso que temos pelo Black Sabbath, é mais uma afirmação de que violino pode, sim, ser um instrumento do rock, sem deixar nada a dever para outros instrumentos.

Você pode ouvir a coletânea completa por aqui ou curtir o clipe oficial da versão brasileira de “Paranoid” logo abaixo! Vale a pena também ficar ligado nas redes sociais da banda, que promete muitas novidades em 2021.

Deadman Dance toca “Paranoid”, do Black Sabbath

 
 
Compartilhar