Ringo Starr e John Lennon
Reprodução/Twitter
 

No último sábado, Ringo Starr usou sua conta do Twitter para relembrar o saudoso ex-companheiro de banda John Lennon em um evento especial de audição do novo box set da Plastic Ono Band sediado por Tim Burgess.

Basicamente, a ideia é que o baterista faria publicações comentando o trabalho enquanto as pessoas ouvem o disco. Ringo aproveitou, no entanto, para se declarar ao ex-Beatle e mostrar toda sua admiração pelo trabalho no disco feito em parceria com Yoko Ono:

É tão incrível, a emoção nesse disco, é de deixar bobo. A dispersão da banda, a força de John Lennon. É por isso que ele é um dos maiores. Esse disco prova mais do que a maioria dos outros.

Era uma coisa muito grande para o John. Ele estava passando por um tempo difícil, pesado de se encontrar, dissipando muito de sua infância e colocando-a em um espaço real e procurando, como o resto de nós, pelo significado da vida.

É um disco incrivelmente legal. É um belo disco e ele foi um belo homem e eu sou privilegiado por ele ter sido meu amigo.

Em outras das postagens, Ringo também citou as influências de seu próprio trabalho como baterista da banda. Ele comenta que sua principal função era simplesmente manter o tempo e seguir as ordens de John, já que se tratava de um projeto tão pessoal para ele.

Ainda no assunto de declarações, Starr chega a dizer que era “impossível não amar” o colega de banda.

Você pode conferir alguns desses Tweets logo abaixo!

LEIA TAMBÉM: Entre na casa de John Lennon em novo clipe do lendário músico

 
 
Compartilhar