KISS falando em coletiva sobre as melhores bandas de abertura de seus shows
Reprodução/YouTube

Que o KISS é uma das maiores bandas da história do Rock and Roll é um fato incontestável. Ainda assim, fomos pegos de surpresa ao assistir a um vídeo de uma coletiva da banda falando sobre as melhores bandas de abertura nesses longos anos de carreira.

A pergunta foi feita por um fã durante um evento da SiriusXM, e o cara obteve primeiramente uma resposta de Gene Simmons:

Melhor apresentação, o AC/DC. Na primeira turnê deles. Uma banda que não prestava atenção… a gente compartilha da mesma filosofia: não importa o que qualquer outra banda esteja fazendo, seja verdadeiro a você mesmo. Eu já disse isso antes mas é mais verdadeiro agora do que nunca: um monte de gente se veste igual, age do mesmo jeito e faz as mesmas coisas. Rap, Country, há muita mesmice rolando.

De vez em quando, você vê uma banda como o AC/DC. Ninguém é como eles. Nós gostaríamos de pensar que somos únicos também; únicos no sentido de ter sua própria impressão digital, porque a mãe natureza sabe melhor do que todos, não há outra impressão digital como a nossa. E as bandas deveriam marchar no ritmo de seus próprios bateristas. Viu o que eu fiz? [aponta para Eric Singer e ri]

Em seguida, o baterista Eric Singer complementou falando da perspectiva de um fã, uma vez que só entrou na banda em 1991, como o terceiro baterista a fazer parte do grupo:

Eu acho que o Rush foi a melhor. Eu vi o Rush abrir para o KISS, eu achei que eles eram a banda de abertura mais legal. Especialmente naquela época. […] Era a turnê do ‘Fly by Night’, e o KISS… era o começo de 1975, e o KISS tinha lançado o ‘Hotter Than Hell’ e o Rush tinha acabado de pegar o Neil Peart e tinha o ‘Fly by Night’.

Por fim, Paul Stanley também dá uma terceira perspectiva, voltando a exaltar o Rush e o AC/DC mas citando outros nomes surreais que fizeram turnês abrindo para o KISS:

Eu acho que pra nós o Rush foi o mais empolgante, e nós meio que estamos saindo pela tangente aqui, quando nós tivemos eles tocando conosco pela primeira vez no Canadá, o John Rutsey ainda era o baterista. O primeiro era álbum foi tão… era o Humble Pie, era o [Led] Zeppelin, eles obviamente encontraram suas identidades e algo que eles queriam fazer mais pra frente, [mas] eles sempre foram ótimos.

O AC/DC, com o Bon [Scott]! Quando nós os tivemos na turnê, ótimos. O [Judas] Priest foi fenomenal, Bob Seger, sabe, a gente pode seguir nessa lista. O Bob Seger ganhou seu primeiro disco de ouro em turnê conosco. O Mellencamp — John ‘Cougar’ Mellencamp —, Tom Petty, a lista vai seguindo.

Que carreira, hein? É uma pena que a turnê End of the Road tenha sido interrompida pelo Coronavírus, mas torcemos muito para que ela possa ser retomada e finalize com chave de ouro essa trajetória espetacular do KISS. Você pode conferir essa fala dos membros na íntegra pelo vídeo abaixo.

KISS falando sobre as melhores bandas que abriram seus shows

 
Compartilhar