Spotify
Foto Stock via Shutterstock
 

O Spotify anunciou recentemente o seu novo programa “Work from Anywhere (WFA)”, que traduzido é algo como “Trabalhe de qualquer lugar”.

O serviço de streaming desenvolvido em Estocolmo e que possui escritórios em diversos locais como Nova York, São Francisco, Miami e mais, revelou que com a pandemia do coronavírus seus estudos relacionados ao emprego remoto foram acelerados e assim a empresa decidiu pelo novo modelo de trabalho (via Digital Music News).

De acordo com o Spotify, o WFA permitirá que seus funcionários escolham um “Modo de Trabalho”, dizendo se preferem produzir à distância ou em casa, com o objetivo de ter “um local de trabalho que não é construído na premissa de que os funcionários precisam se reunir em um escritório tradicional.”

Segundo o Business Insider, mesmo escolhendo de onde preferem trabalhar e optando pelo Home Office, os profissionais do serviço de streaming irão manter os salários das cidades onde atuam, como por exemplo Nova York e São Francisco.

Home Office no Spotify

O Spotify destacou que a implementação inicial do programa terá “algumas limitações” relacionadas às cidades e países escolhidos pelos funcionários para evitar dificuldades de fuso horário e leis de entidades regionais.

Além disso, a “combinação exata” do modo de trabalho em casa e no escritório será definida juntamente entre cada funcionário e seu chefe.

Vale lembrar que a notícia surpreende pois outras empresas que são adeptas ao trabalho remoto normalmente ajustam os salários dos trabalhadores com base no custo de vida em sua área de residência.

Com essa transição, o Spotify pode reavaliar nos próximos anos a relação custo-benefício de manter grandes e caros escritórios em Nova York e outros lugares.

 
Compartilhar