Selena Gomez
Foto: Wikimedia Commons

O mundo inteiro foi surpreendido nesta quarta-feira (6 de Janeiro) com a invasão ao Capitólio dos Estados Unidos por apoiadores de Donald Trump.

O ato de vandalismo, que ocorreu após o atual presidente dos Estados Unidos estimular seus seguidores a invadir o local em que Deputados e Senadores se reuniram para certificar a vitória de Joe Biden, resultou na morte de quatro pessoas.

Com a situação, diversas celebridades decidiram se manifestar. Selena Gomez foi uma das artistas que não economizou palavras ao culpar e citar diretamente líderes de importantes sites e redes sociais pelo ocorrido.

Selena Gomez x Redes Sociais

A cantora se pronunciou através de sua conta oficial do Twitter e fez questão de mencionar CEOs e diretores executivos do Instagram, Facebook, Google, YouTube e Twitter:

Hoje é o resultado de permitir que pessoas com ódio em seus corações usem plataformas que deveriam ser usadas para unir as pessoas e permitir que elas construam uma comunidade.

Facebook, Instagram, Twitter, Google, Mark Zuckerberg, Sheryl Sandberg, Jack Dorsey, Sundar Pichai, Susan Wojcicki – todos vocês falharam com o povo americano hoje e espero que consertem as coisas daqui para frente.

Continua após o tweet

Repercussão

A declaração de Selena dividiu opiniões entre seus seguidores. Algumas pessoas condenaram a fala da cantora apontando que o ato que aconteceu no Capitólio é “muito mais profundo” do que as mídias sociais.

Já alguns fãs enxergaram de outra forma. Uma das seguidores que defendeu Gomez explicou que a cantora não disse que as mídias sociais são o problema, mas sim que as redes são “uma coisa enorme para a sociedade e estão tão disponível para as pessoas receberem notícias falsas”.

O tweet de Selena ainda está tendo uma constante repercussão, será que ela irá se pronunciar novamente sobre o assunto?

LEIA TAMBÉM: Mark Zuckerberg anuncia que contas de Donald Trump no Facebook e Instagram estão banidas “por tempo indeterminado”