Brian Johnson (AC/DC)
Reprodução/YouTube
 

Os chapéus, especialmente as boinas, são a marca registrada do vocalista Brian Johnson.

Em entrevista ao Planet Rock para divulgar o mais novo álbum do AC/DC, Power Up, o integrante da banda de rock revelou quando e o que o levou a usar boina durante os shows (via Loudwire).

Tudo começou quando Johnson fazia parte da banda Geordie, antes do AC/DC, que costumava tocar em pubs de trabalhadores da indústria pelo nordeste da Inglaterra.

Eu suava muito, pois não havia ar condicionado. Especialmente no inverno, as casas de shows lotavam e eles ligavam o aquecedor, pois estava muito frio lá fora, mas eu sempre suava, e tanto meu cabelo quanto o suor caíam nos meus olhos, que suavam.

A solução surgiu do seu irmão Maurice que, na época, tinha comprado um carro esportivo e uma boina para complementar seu estilo.

Estávamos no intervalo de um show, fui beber uma cerveja com ele, e ele disse que meus olhos estavam vermelhos. Eu falei que era pelo suor e ele me deu o chapéu.

O cantor disse que usou na segunda metade do show e teve um resultado muito bom.

‘Isso é maravilhoso! É brilhante!’

Eu disse: ‘Vou comprar um desses!’ E ele disse: ‘Você pode ficar com esse. Eu não vou usar’. Então eu o fiz.

Brian Johnson ainda comentou que os chapéus eram bem aceitos naquela região da Inglaterra. “Por lá, todo mundo usava boné. Depois da guerra, era como se fosse um uniforme para todos,” destacou.

Além de ajudar para conter a transpiração do artista, o acessório ajudou a impulsionar a carreira do Geordie, pois as pessoas começaram a se lembrar da banda por conta da boina do cantor.

Escute a entrevista completa no player abaixo.

   
Compartilhar