Humberto Gessinger explora a simplicidade dos trios em novo disco
Foto: Reprodução / Facebook

O cantor Humberto Gessinger foi às redes sociais desmentir uma notícia falsa de que tinha morrido.

Nesta terça-feira, dia 7, o músico deu uma entrevista ao jornal GaúchaZH, de Porto Alegre no Rio Grande do Sul, e desabafou sobre a situação.

Por mais que eu me esforce, não consigo entender por que alguém faz isso. E é uma coisa fácil de desmentir. Imagino a situação de quem sofre isso em questões menos óbvias. É triste e preocupante.

O artista afirmou também que cabe a todos nós romper estas correntes de notícias falsas, na maioria das vezes compartilhadas por aplicativos de mensagens como o WhatsApp, por exemplo, e não dar seguimento aos boatos.

Humberto Gessinger disse ainda que é preciso buscar informações somente de fontes confiáveis.

Humberto Gessinger

A notícia que circulou na internet nos últimos dias dizia que Humberto Gessinger, ex-líder do Engenheiros do Hawaii, tinha morrido devido à infecção do novo coronavírus.

A mensagem ainda afirmava que o músico ficou internado por pelo menos uma semana no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, mas que seu velório seria em Porto Alegre. Posteriormente, suas cinzas seriam jogadas no gramado da Arena do Grêmio.

Humberto Gessinger acalmou os fãs pelo Twitter, garantiu que está bem e nem ao menos pegou a COVID-19.