Glenn Danzig do Misfits
Foto: Wikimedia Commons
 

Lá em 2016, os fãs do Misfits ficaram animados com o anúncio de que a formação clássica da banda estava se reunindo para uma turnê de reunião. Três anos depois, os shows ainda estão acontecendo, mas parece que não por muito tempo.

Em uma entrevista recente (via CoS), o vocalista Glenn Danzig soltou que o grupo “não deve fazer muitos shows” a partir de agora.

A declaração vem dias depois de um artigo divulgar documentos revelando que a reunião foi uma obrigação contratual, exigindo dos membros um mínimo de 10 shows para comemorar o 40º aniversário da banda.

Na conversa, Danzig disse:

Com essa coisa do Misfits, a gente meio que apenas se juntou e decidiu que ia [tocar] aqui e ali, e não apenas fazer uma turnê. Queremos que cada evento seja especial. Não vamos fazer muitos outros. Sei que acabamos de anunciar Seattle e Denver, mas tenho certeza que não haverá muitos outros shows.

As próximas apresentações acontecem em Los Angeles, Denver e Seattle, o que completa nove shows do Misfits original desde 2016. Segundo o acordo assinado pela banda, falta apenas um show para cumprir o contrato.

Se você ainda não viu a banda… corra!

Misfits no Brasil

O grupo não anunciou nenhum show de reunião por aqui, mas o ex-vocalista Michale Graves chega ao Brasil nesta semana para comemorar a banda.

Graves toca os discos American Psycho (1997) e Famous Monsters (1999) na íntegra. Saiba mais clicando aqui.

LEIA TAMBÉM: Guitarrista do Misfits é sincero sobre conhecer fãs em shows: “não queria”

 
 
Compartilhar