Mashup de Kendrick Lamar e A-ha
Foto: Divulgação

Ah, a internet…

Pode parecer um discurso de idoso, mas é inegável a mudança que ela fez nas nossas vidas nas últimas décadas. Aproximou o mundo e aproximou do internauta as ferramentas de produção. E é justamente nas ferramentas de produção que queremos chegar.

Ao juntar a facilidade que produtores musicais têm de fazer suas gravações e mixagens hoje em dia com a criatividade, os resultados são, no mínimo, interessantes. A exemplo disso temos os mashups: a junção de duas ou mais músicas em um único remix.

O DJ N04H, por exemplo, teve a “brilhante” ideia de juntar o hit “Take On Me“, do A-ha, com “Backseat Freestyle“, canção lançada por Kendrick Lamar em seu segundo álbum de estúdio, Good Kid, M.A.A.D City.

O resultado ficou muito bom, e você pode conferi-lo no final da matéria.

A magia dos mashups

Muitos DJs criativos juntaram músicas que a princípio não possuem nada a ver uma com a outra. Já noticiamos por aqui, por exemplo, junções incríveis de Metallica com Los Del Rio, Led Zeppelin com Greta Van Fleet e até de Tchakabum com Iron Maiden.

Mas fazer um mashup não é qualquer bagunça. A brincadeira precisa ser pensada. Afinal, músicas possuem tonalidades e tempos diferentes. A ideia é encaixar tudo como se fosse uma única canção.

Tome como lição o mashup do DJ N04H. Boa sorte para, a partir de agora, não associar “Backseat Freestyle” com o pegajoso riff do A-ha!

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!