Dan Reynolds, do Imagine Dragons, no Madison Square Garden (2018)
Foto de Dan Reynolds via Shutterstock

Dan Reynolds, vocalista do Imagine Dragons, está pegando fogo no Twitter ultimamente.

Ontem ele publicou uma série de vídeos fazendo piada sobre como seria da ordem secreta conhecida como Illuminati, “entregando” o nome de outros artistas que também fariam parte do grupo.

Em um vídeo publicado ao final de tudo isso, ele tirou sarro da imprensa e disse que “não acredita” na quantidade de veículos de mídia que repercutiram a história, sendo que a maioria deles (como a gente aqui) deixou claro que tratava-se de uma piada. Ainda assim, a gente entende, teve gente que realmente levou a sério e publicou a notícia por aí como se fosse real.

Em um outro tweet, ele ainda brincou novamente dizendo “ps, eles [Illuminati] me fizeram postar isso”, se referindo ao vídeo em que diz que tudo é brincadeira.

Depois disso, Reynolds passou a publicar uma série de mensagens na sua conta do Twitter onde falou sobre como apoia a causa LGBT:

Um cara da plateia hoje à noite ficou gritando xingamentos homofóbicos para mim e eu pensei comigo mesmo:

É por isso que a nossa juventude lgbtq passa TODO DIA

por favor não me digam que o LOVELOUD [festival criado por Reynolds para ajudar a causa LGBTQ] não é necessário. É mais necessário do que nunca. E nós não iremos parar. 1 milhão de dólares arrecadados esse ano. Eu quero o dobro no ano que vem.

LoveLoud

Reynolds compartilhou então uma matéria da CNN falando sobre o LoveLoud e chamando os integrantes do Imagine Dragons de “Pop Stars”, e então ele declarou, com vários clichês do Rock And Roll:

E só para registrar eu prefiro ser chamado de pop star do que Rock Star.

Eu quero mudar a cultura popular e criar músicas que levam luz às multidões.

Eu não quero te impressionar com como eu pouco me importo. Ou o quanto estou drogado. Com quantas mulheres eu posso dormir. Não estou interessado.

Eu me identifico com a atitude rock and roll de ‘seja você descaradamente’

Lute pelo que você acredita. Proteste contra as coisas erradas.

Entretanto eu não vejo isso no mundo dos ‘rockstars’ hoje em dia. Eu vi nos anos 90.

Hoje eu vejo egoísmo e auto idolatria.

 

Ele também falou que nunca compôs uma música específica para um comercial de TV, mas que as marcas podem usar seus sons: “não sei por que elas gostam, mas não tenho problemas com isso.”

Ao final, ele misturou todos os assuntos e emendou:

Metas para 2019

Colocar músicas do Imagine Dragons em todos os esportes e filmes para que a minha mãe me ouça o tempo todo e me conte quando ela assistir à televisão com o meu pai à noite.

Fazer muita coisa gay para mudar a religião.

Fazer apenas novos amigos gays porque eles são mais divertidos e fabulosos.

 

Brasil

Depois disso tudo, o vocalista do Imagine Dragons também respondeu um fã brasileiro com um mal entendido. O seguidor disse que tinha vergonha dos veículos brasileiros que deram a notícia do Illuminati como séria e Reynolds entendeu que ele tinha vergonha da situação em relação à comunidade LGBT.

Ao perceber o erro, Dan “deu risada” com “jajajaja”, expressão usada na Internet em países de língua espanhola, e foi corrigido. Ele também falou que gostaria de trazer o festival LoveLoud ao Brasil.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar