Quentin Tarantino e Harvey Weinstein
Fotos via Shutterstock

Quentin Tarantino está arrependido e envergonhado.

Pelo menos é o que diz o New York Times em uma nova matéria cujo assunto é Harvey Weinstein, figurão de Hollywood que trabalhou com o diretor em filmes como Cães de Aluguel, Pulp Fiction, Kill Bill, Bastadors Inglórios e Os Oito Odiados.

Segundo o texto, o diretor “mais próximo a Harvey” em toda indústria do cinema disse em entrevista que sabia da conduta de abusos por parte do produtor e foi claro ao revelar que não estava ouvindo boatos ou informações de terceiros:

Eu sabia o suficiente para fazer mais do que fiz. Havia mais coisas do que os rumores normais, a fofoca normal. Não era algo que eu ouvia de outras pessoas. Eu sabia que ele tinha feito algumas dessas coisas.

Eu gostaria de ter me responsabilizado pelo que ouvi. Se eu tivesse feito o que deveria ter feito, teria que deixar de trabalhar com ele.

Dois acontecimentos em especial vieram à tona para Quentin Tarantino de forma bem clara: primeiro quando sua ex-namorada, Mira Sorvino, lhe contou sobre avanços de Weinstein para cima dela, incluindo contatos físicos forçados. Ele também sabia que Rose McGowan havia entrado em acordo judicial com o produtor por conta de atos parecidos:

O que eu fiz foi marginalizar os incidentes e tratá-los como coisas menores. Qualquer coisa que eu disser agora irá soar como uma desculpa horrível.

Há 22 anos, quando Tarantino começou a namorar Mira Sorvino, ela lhe contou que pouco tempo antes Harvey havia feito uma massagem sem a sua permissão, havia lhe perseguido em um quarto de hotel e aparecido de surpresa em seu apartamento no meio da noite.

LEIA TAMBÉM: America Ferrera e Reese Witherspoon dizem que sofreram abusos aos 9 e 16 anos de idade

Quentin disse que ficou “chocado e abalado”, mas entendeu que tratava-se de uma exceção e que Harvey estaria obcecado por Mira: “Eu não acreditava que ele faria essas coisas de forma tão aberta. Fiquei tipo, ‘Sério? Sério?’”

Desde que diversas atrizes resolveram contar suas histórias envolvendo abusos de Harvey Weinstein, muitos passaram a questionar o diretor de filmes aclamados como Pulp Fiction, já que a relação dos dois é muito próxima.

Além de distribuir seus filmes, Harvey ainda dava festas para Quentin como uma recente onde celebrou o noivado do amigo.

 

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar