America Ferrera e Reese Witherspoon
Fotos via Shutterstock
 

Hollywood está em polvorosa desde que dezenas de mulheres denunciaram abusos sexuais cometidos pelo famoso produtor de filmes Harvey Weinstein semana passada.

Muitas pessoas envolvidas na indústria aproveitaram a ocasião para trazer à luz antigos casos de abuso não só cometidos por pessoas da indústria de filmes, como também por familiares e conhecidos.

A atriz America Ferrera chegou a revelar que foi abusada aos 9 anos de idade. Embora não tivesse revelado o nome do agressor, ela afirmou que era uma pessoa que via diariamente e que, na época, precisou ficar calada para não sofrer consequências.

Além dela, a atriz Reese Witherspoon também compartilhou desagradáveis experiências sofridas durante o começo de sua carreira, como aponta o Observatório do Cinema. Em uma declaração para a revista Elle, Witherspoon comentou que a primeira situação aconteceu quanto tinha 16 anos.

Eu sinto muito nojo do diretor que me assediou quando tinha essa idade, e muita raiva dos meus agentes e dos produtores que me fizeram sentir como se eu precisasse ficar calada se quisesse aquele emprego, aquela carreira.

Eu gostaria de poder te contar que isso foi um incidente isolado na minha carreira, mas infelizmente não foi assim. Eu tive múltiplas experiências com assédio e abuso sexual, mesmo que não fale delas muito frequentemente.

Por fim, ela completou:

Eu tenho minhas próprias experiências, que têm voltado para mim vividamente durante essa semana, e tenho achado difícil dormir, pensar, me comunicar sobre meus sentimentos. Tenho sentido ansiedade e culpa por não ter levantado minha voz antes.