Papa-Francisco
 

Papa-Francisco

 

O papa é pop! O papa é pop! O pop não poupa ninguéeeeemmm!!! 

O líder da Igreja Católica é realmente popular, independentemente de quem ocupe o cargo. Agora, não dá para negar que as mudanças que têm sido propostas pelo mais novo sucessor de Pedro, Papa Francisco, têm chamado a atenção do mundo todo. Até a tradicional revista americana Rolling Stone conversou com o Papa em uma longa entrevista que deu capa à edição deste mês da publicação, como você vê aqui.

A revista utilizou “The Times They Are A-Changin”, de Bob Dylan, para descrever Francisco na capa da edição e, com isso, tentar traduzir em poucas palavras as imensas mudanças que ele tem proposto e provocado na Igreja Católica nestes seus pouco mais de dez meses de papado.

“O Papa Francisco está fazendo uma notável ruptura na tradição do Vaticano, enfrentando questões políticas e assumindo uma postura mais inclusiva para os direitos humanos,” diz a nota introdutória da publicação.

Siga o TMDQA! no Twitter e no Instagram.

Outra curiosidade a respeito da capa da edição, que chega às bancas no próximo dia 13 de Fevereiro, é que desde o início do papado de Francisco essa é a primeira capa de revista que relaciona o papa a uma canção de rock.

Por aqui, além da canção dos Engenheiros do Hawaii, que menciona o tiro que o Papa João Paulo II levou em 13 de Maio de 1981, durante uma passagem pela Praça de S. Pedro, no Vaticano, nós temos também uma canção dedicada já ao Papa Francisco e a Tom Zé, composta por Tim Bernardes, da banda paulista O Terno. É pop ou não é?

 

 

 
Compartilhar