Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Fotos por Bruno Clozel
Resenha por Angélica Albuquerque

O tempo parecia se arrastar para aqueles que queriam conferir Joan Jett and the Blackhearts no Lollapalooza Brasil. Afinal de contas, em 37 anos de carreira, essa foi a primeira vez da eterna guitarrista das Runaways no país.
E ela parece ter adorado a experiência.

Durante todo o show, Jett lançou sua energia ao público, que, mesmo antes de vê-la no palco, gritava seu nome e exibia cartazes escritos “você é uma grande inspiração” e “eu me amo por amar Joan Fucking Jett”.

Com seus Blackhearts, banda que também acompanha o Batusis (projeto de ex-membros do New York Dolls e Dead Boys), Jett comandou uma plateia que ia à loucura com hits como “Bad Reputation”, “Cherry Bomb”, “Do You Wanna Touch Me (Oh Yeah)” e “I Love Rock’n’Roll”, mas que se calava quando faixas menos conhecidas eram apresentadas. Nesses momentos, alguns começavam a seguir para o Palco Cidade Jardim para aguardar o Foo Fighters.

Quem ficou para conferir o show até o final indubitavelmente não se arrependeu.
Jett foi impecável; imponente. Distribuindo sorrisos e demonstrando a felicidade de estar no Brasil, ela arriscou a conversar com a plateia em português, com sua voz rouca e cada vez mais poderosa, e até fez uma graça durante o refrão de “Crimson & Clover”, cantando “mais e mais” no lugar de “over and over”.

Jett também apresentou novas músicas aos fãs brasileiros, apesar de ainda não ter decorado as letras, precisando de um suporte com as devidas “colinhas” para executá-las. De todo modo, as performances de “TMI” (onde Jett alfinetou o Twitter, querendo dizer que as pessoas publicam muitas informações), “Hard to Grow Up” e “Reality Mentality” fluíram bem, e as canções agradaram o público.

Embora o setlist tenha sido o mesmo do Lollapalooza Chile e pudesse ter contado com mais hits, ele foi suficiente para satisfazer o desejo
dos brasileiros que, enfim, puderam ver ao vivo aquela que é a eterna rainha do rock’n’roll.

Set list:

  1. “Bad Reputation”
  2. “Cherry Bomb”
  3. “Light of Day”
  4. “Do You Wanna Touch Me (Oh Yeah)”
  5. “Victim Of Circumstance”
  6. “You Drive Me Wild”
  7. “French Song”
  8. “Love is Pain”
  9. “TMI”
  10. “Hard to Grow Up”
  11. “Naked”
  12. “Fake Friends”
  13. “Reality Mentality”
  14. “I Love Rock’n’Roll”
  15. “Crimson & Clover”
  16. “I Hate Myself For Lovin’ You”
    Bis:
  17. “AC/DC”

Clique nas fotos para ampliá-las

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil Joan Jett no Lollapalooza Brasil

Joan Jett no Lollapalooza Brasil

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar