Resenha: Lançamento do Split

Resenha: Lançamento do Split "Chumbo" em Santos (02/03/12)

Resenha e fotos por: Lupa Charleaux

Uma tour totalmente independente, sempre tem suas dificuldades. Problemas com estabilizadores, dono do clube encerrando as apresentações, pois as bandas “estavam fazendo muito barulho” e etc. Quem compareceu ao show de lançamento do split Chumbo (Bullet Bane, Fire Driven, Plastic Fire e Zander) em Santos pode acompanhar de perto esses perrengues de perto. Mas ao mesmo tempo em que o show teve esses problemas técnicos, não há como negar que o clima de amizade e descontração no Clube Independente.

Zander no Lançamento do Split Chumbo em Santos

Com um pouco de atraso, quem deu inicio a apresentações foi o Zander que fez uma intro instrumental emendada com “Como Arde, Sô!”. E todo mundo levou a sério a frase “a gente vai cantar mais alto que der” e assim foi o clima do show. Muita gente rindo e cantando junto todas as músicas do set que teve “Linha Vermelha” e “Todos os dias“. E como era a noite de lançamento de um split, a versão de “Procrastination” do Fire Driven foi muito bem apresentada ao vivo. Outro momento de destaque foi “Humaitá“, no qual os back vocals eram “feitos” pelo pessoal que sabia a letra de cor. Assim como em “Pegue a Senha e Aguarde“. Com o set reduzido para dar tempo para as outras bandas quarteto ainda tocou “Pólvora“, “Chinatown” e “Battlefield“. A banda encerrou o show com a nada mais justa Até a próxima parada.

Fire Driven no Lançamento do Split Chumbo em Santos

A Fire Driven deu um pouco mais de peso para os shows. A banda grunge de São Paulo fez uma ótima apresentação e começou com “Unreliable Somehow” seguida de “Fractions“. O vocalista Zeek e o guitarrista Cesinha estavam bem agitados durante o show e pareciam bem empolgados. O set-list teve a excelente “Procrastination e “The Coffin. Para alegria de muitos, a banda fez a incrível cover de “Kid Candy do Seaweed. Tiradas do Chumbo, o quarteto apresentou “Make Believe e depois “I Can Take It. Teve a vez da Fire Driven tocar Zander e mostrar a versão mais pesada e em inglês de “Everyday. Para terminar, a banda tocou “Give Me a Gun.

Bullet Bane no Lançamento do Split Chumbo em Santos

O Bullet Bane começou sua apresentação de forma bem caótica (no bom sentido). Muita gente cantando junto com o vocalista Victor e abrindo um bate cabeça. A primeira música do show foi “The Train” e depois “Mind Control“. Durante “Still True“, o som das guitarras e do baixo sumiram: infelizmente o estabilizador tinha queimado. O roadie da tour e alguns fãs tentaram solucionar o problema, mas o show ficou parado aproximadamente meia hora, até trazerem um outro estabilizador.
Na “segunda parte” da apresentação, o clima continuou o mesmo do que antes, ou até mais intensa. Por conta do atraso, o Bullet Bane reduziu algumas músicas do seu set list. Eles apresentaram “Fission And Fusion“, “Gas Chamber“, “Combustion” e por último tocaram “Cyberwar III“.

Todo mundo esperava que o Plastic Fire fechasse a noite, porém foi nessa hora que aconteceu a parte mais chata de todo o show. O dono do Clube Independente pediu para encerrar os shows. Primeiramente, pois já havia passado do horário combinado com os organizadores do show e porque estavam fazendo barulho demais (???).

Mesmo com os membros da Crucial Times, organizadores do evento, tentando convencer a ceder mais meia hora para apresentação, não houve acordo. Os caras do Bullet Bane mal haviam terminado o show, e os responsáveis pelo clube já estavam desligando a aparelhagem do palco, desligando o ar condicionado e ventiladores do local.

É uma grande pena ter acontecido isso durante o lançamento de um split tão importante para a cena Underground do país. Espero que as bandas entendam que foi um fato isolado e possam voltar outras vezes a tocar na Baixada Santista, mas com certeza em outro lugar que não seja o Clube Independente.

Publicado também no site Cena da Baixada.

 

Para saber como foi a estreia da mini-tour, no Rio de Janeiro, na quinta-feira (1º de março), clique aqui.

Quem perdeu a mini-tour ou compareceu e quer ter aquele momento de nostalgia, uma boa notícia: Hoje (05) e amanhã (06), a partir das 16h, será transmitido ao vivo as apresentações que as quatro bandas farão nos estúdios Trama. Nesta segunda-feira, tocarão Zander e Plastic Fire; já na terça-feira, Bullet Bane e Fire Driven. Para checar, acesse o site TV Trama.

Em tempo, clique aqui e confira a entrevista exclusiva que o TMDQA! fez com as quatro bandas do projeto Chumbo!

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!