Promoção Pitty


Participe agora da promoção que irá te dar um LP da Pitty e veja 30 fotos exclusivas do discão. O link é esse aqui!


Regina Spektor

Para ajudar as vítimas dos recentes terremotos que atingiram o Haiti e o Chile, a cantora, pianista e compositora Regina Spektor regravou “No Surprises”, do Radiohead. Ficou assim:



Toda a renda obtida com a venda do cover vai ser direcionado para a ONG Médicos Sem Fronteiras, para auxiliar no tratamento de vítimas dos terremotos e apoio ao trabalho da organização. Para ajudar, é só clicar aqui. Infelizmente, pelo menos por enquanto, a música só está à venda na iTunes Store, ou seja, é preciso ter uma conta iTunes americana para adquirir o arquivo digital da faixa.

“No Suprises” está, originalmente, no terceiro álbum do Radiohead, “Ok Computer” (1997), frequentemente listado em várias e várias listas de melhores álbuns ( dos últimos anos, décadas, de todos os tempos…). A versão original é essa aqui:



E aí? O que você achou do cover de Regina Spektor? Melhor ou pior que a original? A versão em vinil de “Far” (2009), último álbum dela, está à venda aqui.



Male Bonding


“Nothing Hurts” é o primeiro álbum dos ingleses do Male Bonding, e sai dia 11 de maio pela Sub Pop. A estreia deles pela gravadora foi no Record Store Day, em um single dividido com o pessoal do Dum Dum Girls, e o disquinho só fez crescer a antecipação para o full length. O som deles é uma versão mais punk e bem mais energética do indie-shoegaze que muitas bandas como Girls têm feito ultimamente.




“Nothing Hurts” é bem rápido e objetivo (13 músicas em 29 minutos!), e esse talvez seja seu ponto mais forte; se fosse mais longo, poderia cansar. Para mim, os destaques são o primeiro single, “Years Not Long”, com uma performance admirável do baterista Robin Christian (que gosta de citar Travis Barker, do blink-182, como uma de suas principais influências), “Weird Feelings”, que quebra o ritmo frenético sem deixar de rasgar, e a acústica “Worse To Come”, que fecha o álbum. O disco está disponível para encomenda, em CD e em vinil, no site da Sub Pop.



The Rolling Stones


Como você já tinha lido aqui no Tenho Mais Discos Que Amigos!, os Rolling Stones lançaram a inédita “Plundered My Soul” em vinil, em comemoração ao Record Store Day (17/4). A música foi gravada nas sessões do excelente “Exile On Main Street” (1972), ainda com Mick Taylor – que saiu da banda em 74 – nas guitarras. No entanto, ficou de fora do tracklist oficial do álbum, e permaneceu guardada por quase 40 anos. Junto com o lançamento, saiu o clipe da faixa, com um trabalho muito bonito inspirado na capa de “Exile…”, mostrando várias imagens da banda nos anos 70. Veja:




O single, lançado em vinil de 7″, está à venda em vários sites de leilão, como o eBay. O TMDQA! lembra que a procedência dos produtos vendidos nesses sites nem sempre é garantida, e o risco da compra é totalmente seu.


Slayer & Megadeth


Dois álbuns clássicos do trash metal (e da música pesada em geral) completam 20 anos em 2010. Além de não deixarem a data passar em branco, Slayer e Megadeth vão se unir para celebrar os lançamentos. As duas bandas vão se unir em turnês pelo Canadá e pelos Estados Unidos, nas quais pretendem executar  “Seasons In The Abyss” e “Rust In Peace” na íntegra.

O show do Megadeth é basicamente o mesmo que os caras acabaram de apresentar no Brasil semana passada, e levou as plateias ao delírio com “Holy Wars…(The Punishment Due)” e “Hangar 18”, só para citar as mais conhecidas.

Já o Slayer vai apresentar o quinto álbum da carreira, que mistura a velocidade brutal do clássico “Reign In Blood” (1986) com o peso concentrado de “South Of Heaven”, de 1988. A banda de abertura, em todas as datas, será o Testament.

Vale lembrar que esses shows vão acontecer depois da turnê europeia “The Big Four”, que vai reunir pela primeira vez Anthrax, Metallica, Slayer e Megadeth em um mesmo evento. Caso você vá ao exterior nos próximos meses, confira as datas das duas turnês no site oficial do Megadeth.




SPIN’s 125 Best Of The Past 25 Years


Seguindo o costume de fazer listas de melhores álbuns por todo e qualquer motivo, a SPIN, famosa revista musical americana, resolveu eleger os 125 melhores álbuns desde seu nascimento, em 1985. Tem de tudo um pouco: grunge, heavy metal, pop punk, new wave… Mas o destaque fica para o hip hop: OutKast e Jay-Z foram os artistas com mais álbuns na lista – três cada um. Os 10 primeiros foram, em ordem regressiva:

10 Nine Inch Nails – The Downward Spiral (1994)
09 Pavement – Slanted and Enchanted (1992)
08 PJ Harvey – Rid of Me (1993)
07 Guns N’ Roses – Appetite for Destruction (1987)
06 Public Enemy – It Takes a Nation of Millions to Hold Us Back (1988)
05 Radiohead – OK Computer (1997)
04 Nirvana – Nevermind (1991)
03 The Smiths – The Queen is Dead (1986)
02 Prince – Sign O’ the Times (1987)
01 U2 – Achtung Baby (1991)

E para você? Qual o melhor álbum dos últimos 25 anos? A lista completa da SPIN pode ser conferida aqui.