Flavor Flav, do Public Enemy
Foto de Flavor Flav via Shutterstock

As últimas horas foram bastante tumultuadas para o lendário grupo de hip hop Public Enemy.

Como a gente te contou por aqui, a banda anunciou que participaria de um comício do pré-candidato à presidência dos Estados Unidos, Bernie Sanders, e o show aconteceu ontem (01), mas com uma forte carga de treta.

Isso porque Flavor Flav, icônico integrante do PE que carrega seu relógio gigante por aí, enviou uma carta à campanha de Sanders pedindo para que ela corrigisse a informação e dissesse que não se tratava da banda, já que ele não estaria no evento.

Chuck D, co-fundador ao lado de Flav, se irritou e disse então que seu colega não fazia mais parte do grupo, o “demitindo”.

Reviravolta no Public Enemy

Acontece que uma resposta de Flavor surgiu na forma de tweets direcionados ao (ex?) colega, e ele foi bastante claro a respeito de como não quer se envolver na política:

Você está brincando comigo agora???,,,por causa do Bernie Sanders??? Você quer destruir algo que construímos durante 35 anos POR CAUSA DE POLÍTICA???,,,tudo porque eu não quis apoiar um candidato,,,estou muito desapontado com você e com suas decisões Chuck,,,

E Chuck D,,,eu não te processei na sexta-feira,,,eu pedi para a campanha do Bernie Sanders corrigir os anúncios incorretos,,,foi só isso,,,não sou seu empregado,,,sou seu sócio,,,você não pode me demitir,,,não existe Public Enemy sem Flavor Flac,,,então vamos entender as coisas direito Chuck,,,

Nas declarações, ele ainda falou sobre sua sobriedade, e disse:

Além disso,,,não estou sob efeito de drogas como você está dizendo e tenho estado limpo há 10 anos,,,eu lutei contra o vício antes e como milhões de outros americanos eu sei o peso disso,,,Chuck você sabe fazer coisas melhores do que mentir sobre assuntos como esse,,,,

Que confusão, hein?

Você pode assistir ao show dos caras para apoiar Bernie Sanders clicando aqui.

 
Compartilhar