Little Simz
Divulgação
 

Little Simz é um nome a ser guardado e um motivo para chegar bem cedo no Popload Festival nessa sexta, dia 15, em São Paulo.

Rapper britânica com um som único, que vai do indie ao pop em um piscar de olhos, ela sobe ao palco às 11h55 e ainda se apresentará no Rio ao lado de Tove Lo, no domingo.

Conversamos brevemente com a simpática artista, que parece super empolgada em conquistar o público brasileiro. Você confere o nosso papo abaixo!

TMDQA: Little Simz, o que podemos esperar dos shows?

LITTLE SIMZ: Energia. Simplesmente. Estou super empolgada para esses shows e vou me entregar totalmente. Acho que vai ser algo muito bacana, para curtir mesmo.

TMDQA: E você tem alguma expectativa pra gente, o público brasileiro?

LITTLE SIMZ: Eu tento nunca criar muitas expectativas, mas eu quero conquistar vocês! A fama do público brasileiro é que é muito grande e acho que vai ser lindo.

TMDQA: Seu último álbum me pareceu algo muito pessoal, como se você tivesse contando um segredo. Como é se abrir tanto para tanta gente no palco? Você acha que esse é um modo de se conectar com o público?

LITTLE SIMZ: É sim! Mas eu não sei se diria que é um segredo, até por ser algo que abrir tanto. Eu sinto que ele tem camadas, como se fosse ficando mais fundo e fundo. Acho bonito que as pessoas conseguem se conectar com as coisas que vivi e adaptar às coisas que viveram. É um modo de não estar sozinha.

TMDQA: Além do hip hop, sua música dialoga com muitos gêneros diferentes. E aqui no Brasil você vai tocar com uma artista pop e num festival indie. Você pensa sua performance de modo diferente para cada público?

LITTLE SIMZ: Não, não. Mas acho que nem preciso! Exatamente por ter um pouco de tudo, acho que em algum momento vai ter algo na minha música que vai agradar cada tipo de público! (Risos)

TMDQA: Você tem mais discos que amigos?

LITTLE SIMZ: Sim!

TMDQA: Tem algum disco que você leva como um amigo?

LITTLE SIMZ: Nossa, sim! Mas sempre muda, hoje eu não tenho parado de ouvir o novo do Michael Kiwanuka.