Foto: Divulgação
 

Depois de investir na adaptação da série de livros Desventuras em Série, a gigante do streaming irá investir em mais uma saga infanto-juvenil.

A Netflix anunciou nesta quarta-feira (03) que adquiriu os direitos de As Crônicas de Nárnia, série de livros de C.S. Lewis, para novas adaptações em audiovisual. A série possui três filmes lançados pela Disney entre 2005 e 2010, de um total de sete crônicas escritas por Lewis.

Em comunicado oficial, Douglas Gresham, enteado de C.S. Lewis e um dos responsáveis pelas produções anteriores, se revela otimista pelos avanços tecnológicos poderem ajudar a recontar as histórias de seu padrasto.

É maravilhoso saber que pessoas de todas as partes esperam para ver mais de Nárnia, e que os avanços em produção e tecnologia de distribuição fazem com que seja possível fazer as aventuras narnianas ganharem vida ao redor do mundo. A Netflix parece ser o melhor meio de alcançarmos esse intuito, e estou ansioso de trabalhar com eles para atingir este objetivo.

A Netflix deixou no ar se pretende produzir apenas filmes a partir das histórias de Lewis. O produtor Mark Gordon descreve o novo projeto como “múltiplas produções” e pontua como Nárnia é “uma dessas raridades que atravessam muitas gerações e geografias”.

As Crônicas de Nárnia é um conjunto de sete livros escritos na década de 1950 por C.S. Lewis. O mais famoso, O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa, chegou aos cinemas em 2005, seguido de Príncipe Caspian (2008) e A Viagem do Peregrino da Alvorada (2010).

Os rumores de uma adaptação do livro A Cadeira de Prata perdurou por anos, mas nunca se concretizou. Quem sabe a Netflix não dará aos fãs a adaptação completa das crônicas que eles tanto sonharam?