Vocalista do KoRn no Infowars
Foto: Reprodução / YouTube
 

InfoWars é um canal de mídia criado em 1999 por Alex Jones, apresentador de rádio especializado em práticas jornalísticas das mais condenáveis.

Alinhado à extrema direita, Jones é conhecido por fomentar fake news e passar longas horas discutindo teorias da conspiração como se elas fossem um fato, o que já fez com que ele tivesse que se retratar no ar diversas vezes por conta de processos judiciais.

Para ele, por exemplo, o massacre da escola Sandy Hook, quando um jovem matou 20 dos seus colegas, foi “fabricado” e os sobreviventes todos seriam atores, o que resultou inclusive em um processo de difamação aberto por um dos oficiais do FBI que trabalharam no caso e outro por pais das vítimas que pedem 1 milhão de dólares por conta de agressões verbais que passaram a receber após as declarações de Jones.

Ao que tudo indica, os tempos de “glória” do InfoWars acabaram, já que o Facebook removeu quatro de suas páginas do ar por “violação de padrões da comunidade” e as também gigantes Apple e Spotify tiveram atitudes parecidas.

A empresa fundada por Steve Jobs removeu o podcast de Alex Jones da sua plataforma e se pronunciou através de declaração ao BuzzFeed:

A Apple não tolera discurso de ódio e nós temos diretrizes claras que os criadores e desenvolvedores devem seguir para garantir que nós tenhamos um ambiente seguro para os nossos usuários. Podcasts que violam essas diretrizes são removidos do nosso diretório fazendo com que eles não possam mais ser encontrados nas buscas e nem estejam disponíveis para download ou streaming. Acreditamos na representação de um grande espectro de pontos de vista, desde que as pessoas sejam respeitosas com aquelas que têm opiniões diferentes.

O Spotify também removeu o podcast de Alex Jones de sua plataforma, mas manteve outros três ligados ao InfoWars, e se manifestou através de declaração ao The Guardian:

Nós levamos as denúncias de conteúdo de ódio muito a sério e revisamos qualquer episódio de podcast ou música que sejam marcados como abusivos pela nossa comunidade. Por conta de repetidas violações das políticas de conteúdo do Spotify, o podcast The Alex Jones Show perdeu acesso à plataforma do Spotify.

Alex Jones e o InfoWars estão se manifestando através de vídeos ao vivo em sua plataforma.

Músicos

Volta e meia Alex Jones contava com músicos em seu programa e em 2014, Jonathan Davis, vocalista do KoRn, fez uma participação dizendo que o então presidente Barack Obama estava se tornando um “ditador”.

Antes disso, em 2012, o vocalista do Megadeth, Dave Mustaineataques com armas a um cinema e uma igreja dos EUA haviam sido “encenados” pelo governo de Obama, havia participado do programa para falar sobre como achava que .