Robert Smith, do The Cure, em 2012
Foto de Robert Smith via Shutterstock
 

2018 é um ano muito especial para o The Cure já que a mega influente banda britânica irá celebrar seus 40 anos de carreira.

Robert Smith, líder do grupo, tem vários planos para os próximos meses e nós já inclusive falamos sobre um deles que é o de realizar a curadoria do Meltdown Festival, com bandas como Death Cab For Cutie, Nine Inch Nails, Mogwai, My Bloody Valentine, Deftones e, é claro, o Smiths.

Além de selecionar um time de primeira para o evento, em entrevista para a BBC 6 Music, o músico disse que “voltou a se apaixonar pela arte de criar novas músicas” e inclusive revelou que já agendou horários em estúdios para que a banda faça suas gravações.

O último disco de estúdio do The Cure é 4:13 Dream, de 2008, o que significa que se um novo disco viesse à tona, seria o primeiro em dez anos e o primeiro desde a existência do TMDQA!, por exemplo, que nasceu em 2009.

Que venha, estamos preparadíssimos!

 
 
FontePitchfork
Compartilhar