Spotify oferece emprego de “Presidente de Playlists” a Barack Obama

Um certo anúncio de emprego do Spotify tem pré-requisitos bem específicos

 

Prestes a sair de seu cargo como Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama provavelmente ainda não decidiu o que irá fazer durante sua “aposentadoria”.

Ao conversar sobre o futuro com um embaixador na Casa Branca, Obama brincou: “Eu ainda estou esperando meu emprego no Spotify… porque eu sei que todos vocês curtiram minha playlist.”

Ele nem precisou pedir duas vezes: o Spotify publicou essa semana, em seu site, um anúncio de emprego para “Presidente de Playlists” que tem certos pré-requisitos bem… específicos. Aliás, provavelmente só uma pessoa no mundo provavelmente tem todos eles.

Presidente de Playlists

Pré-requisitos:

  • Ter pelo menos oito anos de experiência comandando uma nação bem conceituada.
  • Ser familiar com a plataforma do Spotify, com experiência em fazer playlists de nível federal. Qualquer tipo desde uma playlist eclética de verão, até uma playlist de celebração de “Acabei de encontrar minha certidão de nascimento”.
  • Ter boas relações com vários artistas e músicos. Já teve Kendrick Lamar como atração em seu aniversário? Nós adoraríamos ouvir sobre isso!
  • Conseguir falar com paixão sobre playlists em eventos de imprensa. Vamos ser claros: você precisa ser nada menos que um dos melhores oradores de todos os tempos.
  • Uma grande atenção à detalhes e consistência. Conseguir trabalhar próximo a outros departamentos, para que suas playlists possam aguentar a pressão do público.
  • Alguém com bom espírito de equipe, excelente ética de trabalho, uma atitude amigável e um prêmio Nobel.

Será que Obama vai querer aceitar o trabalho, hein? Vamos ser francos: ele tem um ótimo gosto para montar playlists.

  
Compartilhar

Comentários