Apesar de tantas perdas na música mundial em 2016, também tivemos algumas surpresas com bandas brasileiras voltando aos palcos.

O Diário de Palco (blog do TMDQA!) conversou rapidamente com músicos do Wacky Kids, Phone Trio e Dance of Days, bandas que voltaram aos palcos neste ano, para descobrir que outros grupos eles gostariam de ver na ativa novamente no ano que vem.

Lembrando que esta é somente uma lista de desejos – não temos nenhuma notícia sobre estes caras de fato realizando shows em 2017. Responda também a nossa enquete aberta no final do post!

Restos de Nada, um desejo de Nenê Altro, do Dance of Days

“Gostaria que eles voltassem com o Ariel e o Clemente. Luizão seria o baixista ideal. Baterista o que faria mais sentido seria o Cuga, que está no corre com o Ariel há tantos anos. Tive a honra de organizar o último show que o Douglas fez antes de nos deixar, ver um retorno deles seria muito bom”, diz o vocalista Nenê Altro.

O Restos de Nada foi uma das primeiras bandas punk do Brasil, formada no final dos anos 70. Em Setembro desse ano foi lançado o documentário Ariel, Sempre pelas Ruas, que conta a história do vocalista e um dos fundadores do grupo.

Já com o Dance of Days… Mesmo com a recente troca de formação, a banda está prestes a lançar uma nova música nos próximos meses. “Estamos gravando um single, com produção do Sergio Almada, que será lançado em breve na 89FM. Nossa ideia é trabalhar alguns singles e aí então pensar em um novo disco”.

Em 2017 o Dance of Days também completa 20 anos e fará shows especiais de comemoração.

Noção de Nada, um desejo de Mateus Simões, do Phone Trio

“Para sempre, Noção de Nada. Passarei a vida rezando para assisti-los ao vivo novamente”, explica o baixista do Phone Trio. A banda carioca acabou em agosto de 2007, um ano após o aclamado álbum Sem Gelo e pouco antes da cancelada turnê europeia.

Já no caso do Phone Trio… Os planos para 2017 incluem o EP Bonanza, além de shows, clipe e possivelmente um split com uma banda de São Paulo, ainda mantida em segredo.

Rivets, um desejo de Marcelo Idao, do Wacky Kids

“É uma banda que a gente curte muito, também faz parte da nossa história. É composta por irmãos de vida e seria foda ter eles de volta também, fazendo shows com a gente e lançando músicas novas”, pede Marcelo Idao em nome de todo o Wacky Kids.

E o Wacky Kids… O último álbum (em português) foi gravado em 2003. Em 2017, o grupo carioca volta às origens em inglês. “Já temos um esboço do que deve ser um novo disco e um single está sendo gravado neste mês, além de um clipe. Outro objetivo é rodar o Brasil com o show novo”, planeja Marcelo.

Quais bandas você gostaria de assistir novamente ao vivo em 2017? Responda na nossa enquete abaixo!

As cinco bandas mais votadas foram:

Noção de Nada
Forfun
Moptop
Los Hermanos
Rancore

E se caso você ainda não saiba, o Rancore tem 17 shows agendados para Janeiro e Fevereiro.