Rage Against The Machine
 

Hoje o jogador de futebol Rogerio Ceni, goleiro do São Paulo desde o final dos anos 90, anunciou, mais uma vez, que irá prorrogar seu vínculo com o clube até Dezembro, como forma de disputar o Campeonato Brasileiro até o final.

Seu vínculo atual, que acabaria em Agosto, já era uma prorrogação para que ele disputasse a Taça Libertadores da América desse ano, onde o São Paulo já foi eliminado.

Inspirados na “aposentadoria” de Rogerio Ceni, listamos 10 bandas que já “acabaram”, sempre com aspas, e resolveram voltar às atividades seja para shows, aparições em festivais ou novos discos.

Divirta-se!

 

Motley Crue

Motley Crue, Def Leppard e Steel Panther em turnê

A banda de glam metal fundada em 1981 já disse várias vezes que pensava em encerrar as atividades, o que nunca aconteceu.

Teoricamente isso tem data para acabar, já que agora os integrantes prometem que a turnê atual é a de despedida, e o último show, em Los Angeles no dia 31 de Dezembro de 2015 será o ponto final da carreira do Motley Crue.

Só não dá pra saber se é possível acreditar, já que uma turnê de reunião/despedida já aconteceu em 2005.

 

Alexisonfire

Alexisonfire anuncia EP de despedida

Em 2011, a banda canadense de post-hardcore anunciou que estava encerrando as atividades pois Dallas Green iria se dedicar completamente ao City & Colour e Wade MacNeil se tornaria vocalista do Gallows.

Em 2012 o grupo voltou para uma turnê que batizou de “turnê de despedida” e inclusive veio ao Brasil.

Três anos se passaram, porém, e em 2015 a banda resolveu retomar as atividades, anunciando uma série de shows em festivais na América do Norte e Europa.

 

Refused

refused-elektra-ao-vivo-loja-vinil

Outro influente nome do post-hardcore, a banda sueca Refused, encerrou as atividades em 1998 após lançar um aclamado disco de estúdio que serviu como base para fãs que vão do punk ao heavy metal, The Shape Of Punk To Come, no mesmo ano.

Em 2012 o grupo voltou para shows em todo o mundo e sinalizou que voltaria a um hiato por tempo indeterminado.

2015 chegou, porém, e com ele a notícia de que a banda não apenas voltaria aos palcos como também lançaria seu primeiro disco em 17 anos, Freedom.

 

Rage Against The Machine

Novo-disco-do-Rage-Against-The-Machine-em-2011

Em 2000, após o lançamento do disco de covers Renegades, o Rage Against The Machine decidiu encerrar as atividades após o anúncio da saída do vocalista Zack de la Rocha da banda.

Os outros integrantes continuaram na ativa, fundaram o Audioslave, e em 2007, o Rage resolveu voltar aos palcos.

Apesar de não ter lançado nenhum novo disco, a banda excursionou pelo mundo todo e tocou inclusive aqui no Brasil, em show histórico do festival SWU de 2010.

De 2011 pra cá a banda se mantém inativa.

 

Sleater-Kinney

Veja show completo do Sleater-Kinney

O ótimo trio norte americano Sleater-Kinney anunciou seu fim em 2006, após excursionar como forma de divulgar seu então mais recente álbum, The Woods.

De lá pra cá, as meninas se envolveram em diversos projetos como o bem sucedido Wild Flag, e em 2014 resolveram se reunir.

Em 2015 veio o resultado do retorno, o ótimo álbum No Cities To Love.

 

Blur

From left, Graham Coxon, Alex James, Damon Albarn and Dave Rowntree of Blur.

Depois da saída do guitarrista Graham Coxon em 2002, o Blur chegou a lançar um disco em 2003 na forma de Think Tank.

A banda excursionou e divulgou o álbum, mas passou boa parte dos anos 2000 afastada, com reuniões acontecendo para shows, principalmente em festivais, a partir de 2008.

Em 2015 veio o anúncio do primeiro disco em 12 anos e a banda lançou The Magic Whip, com Coxon de volta à formação.

 

The Specials

the-specials-lollapalooza-chile-2015

A banda Inglesa The Specials é praticamente sinônimo de ska e consolidou-se como um dos nomes mais influentes do estilo em todos os tempos.

O grupo foi e voltou algumas vezes, chegando até a adotar um novo nome na forma de The Special AKA, e em 2008 realizou uma série de shows como forma de celebrar 30 anos de história.

Nos últimos anos o grupo tem se apresentado por festivais e casas de shows no mundo todo.

 

Pixies

Pixies

Após lançar seu quarto disco de estúdio, Trompe Le Monde, em 1991, a banda de rock alternativo encerrou as atividades em 1993 devido a conflitos internos entre seus integrantes, principalmente através do vocalista Black Francis e a baixista Kim Deal.

Os membros do Pixies continuaram na ativa através de projetos como a carreira solo de Francis e o Breeders, e 11 anos depois, em 2004, resolveram voltar.

De lá pra cá a banda tem feito shows e no ano passado lançou um disco chamado Indie Cindy, com músicas de três novos EPs.

 

Black Sabbath

Black Sabbath- bandas atuais discutem a influência da banda

A carreira do Black Sabbath é dividida em fases, sendo que a formação original, com Ozzy Osbourne, Tony Iommi, Geezer Butler e Bill Ward lançou oito discos de estúdio antes da saída de seu icônico vocalista.

O grupo não encerrou as atividades, porém, e seguiu em frente com nomes como Ronnie James Dio e Tony Martin.

Em 1995 veio um novo disco de estúdio, Forbidden, que contava apenas com Iommi como integrante da formação original, e ao final dos anos 2000 a banda se via entre questões de Justiça, já que Ozzy resolveu agir quanto ao uso do nome pelo guitarrista.

As coisas se acalmaram e em 2013 veio o tão aguardado disco da reunião, 13, que só não contou com o baterista Bill Ward.

Integrantes da banda disseram que em 2015 o Sabbath gravaria mais um disco e faria sua turnê de despedida, o que foi adiado para 2016.

 

A-Ha

A-Ha anuncia show em homenagem às vítimas dos ataques na Noruega

O grupo pop norueguês A-Ha, que vem ao Rock In Rio em 2015, é outro que passou por várias fases de sua carreira onde resolveu “encerrar as atividades”.

Após idas e vindas os músicos resolveram voltar esse ano tanto para uma turnê mundial quanto para o lançamento de um novo álbum.

Ouça o novo disco do The Who!