Ao final de 2014 todo mundo publicou suas listas de melhores discos do ano e, como não poderia deixar de ser, nós aqui do TMDQA! também subimos as nossas com os 50 melhores discos nacionais e os 50 melhores discos internacionais.

O pessoal do Flavorwire aproveitou a ocasião para, não pela primeira vez, estereotipar seus leitores a partir dos discos favoritos de 2014.

Você pode ver algumas das classificações, em Português, logo abaixo, e a matéria original em Inglês clicando aqui.

 

Taylor Swift – 1989

Garotas para quem calças de yoga são uma religião.

Against Me! – Transgender Dysphoria Blues

Indivíduos straight-edge com uma nova compreensão encorajadora sobre questões de gênero.

Perfume Genius – Too Bright

Caras tímidos que ainda assim se entendem como “performers”.

Weezer – Everything Will Be Alright In The End

Pessoas que realmente, realmente se relacionam com o Charlie Brown tentando chutar uma bola de futebol.

Lana Del Rey – Ultraviolence

Veteranos com cicatrizes da Grande Guerra de Blogs da Lana de 2012, que agora querem vingança.

Jack White – Lazaretto

Homens que iluminam seus apartamentos inteiros com lâmpadas incandescentes e tomam whisky em potes de conserva.

Sia – 1000 Days Of Fear

Pessoas que casualmente mencionam “meu terapeuta” em todas as conversas que têm.

Sun Kil Moon – Benji

Aquele cara velho no canto do bar que você não conhece, mas que fica falando com você a respeito de todas as merdas horríveis que aconteceram com a sua família.

The War On Drugs – Lost In The Dream

a) Fãs de Tom Petty confusos; b) Republicanos confusos

Morrissey – World Peace Is None Of Your Business

Rabugentos.

 

     
 
Compartilhar