Brant Bjork

“Gods & Goddesses” é mais novo álbum da carreira solo do baterista, guitarrista, cantor e produtor Brant Bjork, um dos profetas do stoner, ex membro do Kyuss, Fu Manchu, Mondo Generator, Ché e que dispensa maiores comentários.

O álbum foi lançado via Low Desert Punk Records no dia 26 de março na Europa e no dia 30 do mesmo mês nos Estados Unidos, em CD e em vinil (edição limitada).

Produzido por Ethan Allan e Brant Bjork em Los Angeles, com participação de membros das bandas Half Astro e Yawning Man, sua tracklisting é a seguinte:

01. “Dirty Bird”
02. “The Future Rock (We Got It)”
03. “Radio Mecca”
04. “Little World”
05. “Blowin’ Up Shop”
06. “Good Time Bonnie”
07. “Porto”
08. “Somewhere Some Woman”

Foi criado um site especial para esse álbum, onde nele você pode ouví-lo na íntegra e ainda baixar a música “The Future Rock (We Got It)” gratuitamente.

Um fato curioso e engraçadíssimo: Na faixa “Porto”, a intro é em português, tirada de algum desses carros que passam vendendo doces e pães pelas ruas.

Para comprar o excelente “Gods & Goddesses” em LP ou CD e ainda adicionar uma das limitadíssimas fotos (tamanho 12″x18″) da capa do álbum em altíssima qualidade na sua compra, clique aqui.

Bouncing Souls

Bouncing Souls, uma das bandas mais influentes do pop punk, anunciou que seu novo vinil sete polegadas será lançado no Record Store Day.

Esse vinil picture disc, é limitado a quinhentas cópias e contém quatro faixas selecionadas das séries anteriores de vinis sete polegadas, lançadas pela banda durante o ano passado. São elas:

01 “Gasoline”
02 “Airport Security”
03 “Badass”
04 “Never Say Die/When You’re Young”

“Gasoline”, “Never Say Die/When You’re Young” e “Badass” podem ser escutadas no myspace oficial do Bouncing Souls.

Vale relembrar que no dia 12 de janeiro deste ano, a banda lançou o seu oitavo full length em CD: “Ghosts on the Boardwalk”.
A tracklisting do álbum é composta pelas doze músicas que foram originalmente lançadas nessa série (quatro volumes) de EPs 7 polegadas, intitulada “20th Anniversary Series”.
Para saber mais sobre “Ghosts on the Boardwalk”, leia aqui no Tenho Mais Discos Que Amigos!.

Para comprá-lo, clique aqui.

Holy Terror

Fora de catálogo por um bom tempo (desde 2006), a Candlelight Records relançou no dia 12 de janeiro deste ano, os dois primeiros álbuns da banda Holy Terror (speed / thrash metal), em uma só coletânea.

“Terror & Submission” (1987) e “Mind Wars” (1988) foram remasterizados e a tracklisting de ambos, você confere a seguir:

Disco 1 – “Terror & Submission”

01. Black Plague
02. Evil’s Rising     
03. Blood of the Saints     
04. Mortal Fear     
05. Guardians of the Netherworld     
06. Distant Calling     
07. Terror and Submission     
08. Tomorrow’s End     
09. Alpha Omega/The Bringer of Balance

Disco 2 – “Mind Wars”

01. Judas Reward     
02. Debt of Pain     
03. Immortal Wasteland     
04. Fool’s Gold     
05. Terminal Humor     
06. Mind Wars     Listen
07. Damned by Judges     
08. Do Unto Others     
09. No Resurrection     
10. Christian Resistance

Para comprar esse clássico, clique aqui.

Ceremony

Recentemente a banda californiana de punk e hardcore, Ceremony, anunciou que no dia 8 de junho deste ano, lançará via Bridge Nine Recods o seu terceiro full-length.

“Rohnert Park” será o sucessor de “Still Nothing Moves You” (lançado em 2008) e sua tracklisting é:

01 “Into The Wayside Part I / Sick”
02 “M.C.D.F.”
03 “Moving Principle”
04 “The Doldrums (Friendly City)”
05 “Open Head”
06 “Into The Wayside Part II”
07 “Terminal Addiction”
08 “Dont Touch Me”
09 “Back in ’84”
10 “All The Time”
11 “The Pathos”
12 “Nigh To life”
13 “Into The Wayside Part III”

Ao que tudo indica, o registro será lançado em CD e LP, como ocorreu com os outros dois lançamentos do Ceremony.

O álbum foi gravado em Oakland, Califórnia, com Dan Rathbun (que já trabalhou com Tragedy e From Ashes Rise) e mesmo sem antes ter alguma música como prévia, críticos já dizem que “Rohnert Park” é inseguro, barulhento, dinâmico e envocado. E – mais importante – impressionante.

Além disso, há também quem aponte esse álbum como o melhor material da banda até à data e quem diga que ele mistura elementos dos trabalhos anteriores, enquanto explora um novo território para a banda.

“Rohnert Park” parece então que irá consagrar o Ceremony como uma das mais destrutivas e significativas bandas que punk e hardcore tem visto nos últimos anos!

Agora é aguardar para ouvir…

Abaixo um vídeo ao vivo da banda com Davey Havok, vocalista do A.F.I.