Que time: Olivia Rodrigo teve Jack White, Kathleen Hanna e St. Vincent como mentores para novo disco

Em entrevista recente, Olivia Rodrigo revelou que teve simplesmente Jack White, Kathleen Hanna e St. Vincent como mentores de seu novo disco "GUTS".

Olivia Rodrigo e Jack White
Reprodução/Instagram

Olivia Rodrigo está prestes a lançar o tão aguardado álbum GUTS, sucessor de sua aclamada estreia SOUR (2021), e quem estiver esperando um disco cheio de Pop chiclete pode se surpreender bastante.

Não é como se fosse exatamente uma surpresa: desde seu primeiro disco, Olivia tem sido capaz de flertar com o Rock enquanto tem uma incrível capacidade de explorar a sonoridade e estética Pop, algo que fez com que ela rapidamente se tornasse um ícone da nova geração.

Em GUTS, a primeira prévia “vampire” veio focada em uma sonoridade mais emotiva, mas “bad idea right?” mostrou que essa influência do Rock chegou forte para o novo álbum depois de ter marcado presença de forma mais discreta no antecessor com faixas como “brutal” e “good 4 u”.

Não à toa, Rodrigo falou recentemente com o New York Times (via Consequence) e revelou que está recebendo uma espécie de mentoria de verdadeiros ícones do Rock, incluindo o seu “maior herói da música”, Jack White, e até a lenda do Punk Kathleen Hanna, líder do Bikini Kill.

Olivia Rodrigo revela conversas com Jack White e St. Vincent

Na entrevista, Olivia contou que um conselho de White recebido através de uma carta foi fundamental para a concepção de GUTS:

Ele me escreveu uma carta na primeira vez que eu o conheci e ela dizia, ‘O seu único trabalho é escrever músicas que você gostaria de ouvir na rádio’. Tipo, escrever músicas que você gostaria de ouvir na rádio é de fato muito difícil!

O músico, aliás, é uma de várias inspirações que Olivia Rodrigo herdou dos pais, como ela própria contou há algum tempo. Ela também disse que foi recentemente a um show do The Cure com o pai, que estava determinado a apresentar bandas de sua época para ela — mas, curiosamente, Olivia teve uma companhia bem famosa e interessante em outro show nos últimos tempos.

Ela foi junto de Annie Clark, mais conhecida como St. Vincent, a uma apresentação recente de Tori Amos. Quem falou sobre essa experiência foi a própria Annie, que se derreteu em elogios pela jovem revelação da música:

Eu nunca conheci alguém tão jovem e tão empoderada sem qualquer esforço. Ela sabe quem é e o que quer — e não parece ter qualquer receio de expor isso. E é uma garota muito querida também. […] Nunca a ouvi falar mal de ninguém.

A admiração também veio através de Kathleen Hanna, que revelou ter “chorado no carro ouvindo ‘drivers license’ pela primeira vez” e brincou com a situação:

Ela é uma revelação. Ter a minha idade e chorar com algo que alguém tão jovem escreveu…

Kathleen, aliás, também definiu como “fascinante” o fato de Olivia ter se inspirado no movimento Riot Grrrl para a estética de seu palco no icônico festival de Glastonbury, onde Rodrigo aproveitou para falar sobre questões políticas (como a decisão Roe v. Wade, que afetou a legalização do aborto nos EUA) de maneira semelhante à própria abordagem de Hanna.

Olivia Rodrigo e a influência do Rock em GUTS

GUTS certamente ainda reserva muitas surpresas em questão de sonoridade, mas “bad idea right?” é definitivamente uma movimentação em direção à abordagem mais crua e visceral do Rock, além de oferecer ao público um solo de guitarra que parece ter saído direto de uma música do Rage Against the Machine — banda que, segundo a cantora, também está entre suas maiores inspirações.

Olivia Rodrigo citou também nomes mais recentes, como Snail Mail, e mais clássicos, como Joni Mitchell; acredite se quiser, sobrou espaço até para o Glam Rock do Sweet, e ela revelou na entrevista que tinha “ouvido ‘Ballroom Blitz’ umas 10 vezes só hoje”. Como a própria Kathleen Hanna disse, os olhares da nova geração com relação à jovem cantora são de aprovação:

É muito legal ver esse estilo musical undeground se tornando referência no mainstream graças a uma pessoa que é, de verdade, uma amante da música.

GUTS será lançado no próximo dia 8 de Setembro e, por enquanto, você pode ouvir “bad idea right?” e “vampire” logo abaixo para ter um gostinho do que vem por aí.