Bruce Dickinson (Iron Maiden)
Foto: Reprodução/YouTube

A gente te contou aqui que Bruce Dickinson criticou usuários de maconha durante show recente do Iron Maiden.

A declaração do vocalista de 64 anos não repercutiu bem e ele vendo sendo repreendido por muitos artistas e fãs. Agora, quem se pronunciou foi Jamey Jasta, vocalista do Hatebreed e apresentador do podcast The Jasta Show,

Jasta, de 45 anos, foi ao Twitter nesta semana depois que um vídeo capturado por fãs em Setembro viralizou. No registro, Dickinson reclamou de pessoas que fumavam maconha no meio do show; do palco, o vocalista do Maiden indicou que a fumaça do baseado incomoda a banda, em especial a sua performance e a de Steve Harris.

Nesta segunda-feira (24), Jasta usou o Twitter para mandar um recado ao colega de profissão:

Bruce Dickinson, se você estiver lendo isso. Oi. Você é um ótimo vocalista/frontman. Levamos a banda do seu filho em turnê. Espero que você esteja bem. Só para você saber. Muitas pessoas gostam de fumar maconha em shows ao ar livre. O QUE NÃO IRRITA VOCÊ, MANO?!?! Além de pilotar aviões? [risos] Talvez você esteja precisando de uma ou duas tragadas.

Complicado, hein, Bruce?

Bruce Dickinson e problemas com os fãs do Iron Maiden

Como falamos anteriormente, o Iron Maiden realmente parece ter tido problemas com a plateia de Anaheim, na Califórnia.

Além da questão da maconha, na noite anterior um show do grupo por lá foi marcado por uma invasão de palco que terminou com Bruce Dickinson empurrando o fã abusado pra fora.

Não é de se estranhar se a cidade ficar fora da próxima turnê!

LEIA TAMBÉM: Iron Maiden anuncia nova turnê para 2023 focada em álbum clássico dos Anos 80

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!