Final feliz: garota encontra carta do pai em disco de John Lennon
Arquivo pessoal (via G1) | Reprodução / Twitter

Muitos internautas ficaram comovidos com uma campanha divulgada em Junho do ano passado, que envolvia os BeatlesJohn Lennon e um fã brasileiro que faleceu de COVID-19. Agora, o movimento conseguiu cumprir sua missão!

Te contamos aqui que Karlo Schneider Nogueira, de 40 anos, morreu em Março de 2021 e, além de ser grande fã da banda britânica, adorava brincadeiras como caça ao tesouro.

Antes de uma de suas filhas, Bárbara Schneider, nascer, Nogueira teve a ideia de escrever uma carta para ela e também pediu para que seus amigos registrassem algumas mensagens.

Sua intenção era que Bárbara encontrasse as cartas escondidas em discos do Beatles de sua coleção quando completasse 15 anos de idade — porém, no meio do caminho, um imprevisto aconteceu.

Devido à pandemia, Karlo perdeu seu emprego e, como estava precisando de dinheiro, acabou vendendo boa parte de sua coleção que contava com quase 600 discos. Ele ficou com apenas 150 deles.

Essa história foi compartilhada por uma amiga da família, Ulla Saraiva, em suas redes sociais, para começar uma campanha de busca pelas cartas deixadas pelo pai de Bárbara.

Busca pelas cartas

A viúva de Karlo, Alcione Araújo, disse ao Estadão no ano passado que Bárbara, que já estava com 14 anos de idade, ficou muito abalada com a morte do pai e as cartas seriam “um alento, uma lembrança boa para ela”.

Mesmo procurando nos discos restantes do marido, Alcione sabia que a probabilidade das cartas estarem em discos que foram vendidos era muito grande.

Depois da história ter circulado nas redes sociais e também em programas de televisão e jornais, surgiu em Julho um sinal de esperança.

Ao Estadão, Alcione revelou que um homem, que se identificou como Roberto, entrou em contato dizendo que tinha comprado um lote de discos dos Beatles, mas que ainda não tinha aberto nenhum deles. Ela explicou o motivo:

Ele tinha acabado de perder um filho para a COVID-19 e precisava de um tempo para ficar sozinho, se isolar e vencer a depressão. Mas disse que depois olharia todos os discos e procuraria a carta.

O destino das cartas

Alcione aguardou até Dezembro para que o homem entrasse em contato novamente perguntando se ela poderia ir até Natal pegar o disco em que havia encontrado três cartas — uma delas de Schneider e outras duas assinadas por amigos do pai de Bárbara.

A mulher aponta que sentiu medo, mas acreditava que “ninguém poderia querer fazer mal para mim ou para minha família usando essa história”.

Ao encontrar Roberto em Natal, Alcione recebeu o disco Imagine, segundo álbum de estúdio de John Lennon, que continha uma das cartas escritas por Karlo. Sobre o encontro, ela contou:

Ele me disse que estava em depressão pela morte do filho, mas me agradeceu por poder participar da vida de outra pessoa, dando um presente para a minha filha. Ele pediu para não ser exposto, mas que estava feliz em poder ajudar.

Quando tiveram acesso à carta, Bárbara ainda tinha 14 anos. Então, para seguir o desejo do pai, ela esperou até o dia 04 de Março, quando completou 15 anos, para ler a mensagem.

Como relata o portal, na carta, Karlo faz algumas perguntas sobre a vida de Bárbara, querendo saber se ela já tem uma melhor amiga ou já fez alguma viagem para um país exótico, como o Afeganistão. Além disso, ele fala sobre o seu amor por ela e também pela mãe.

Para Alcione, a parte mais emocionante do recado foi o fim da carta. Isso porque a tinta da caneta que o marido utilizou estava falhando, o que fez com que ela lembrasse de sua partida:

Aquela tinta desaparecendo foi como o pulmão do meu marido parando de funcionar, foi como se ele, naquele momento, também estivesse deixando de respirar.

Ficamos felizes em saber que algumas cartas foram encontradas e Bárbara pode ter este “contato” com o pai!

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar