Kevin Spacey em 2016
Foto de Kevin Spacey via Shutterstock
Ouça a nova música de Juliah!    

Kevin Spacey não conseguiu escapar de uma batalha judicial com a MRC, produtora da série House Of Cards, e agora foi condenado a pagar um valor altíssimo para a empresa.

O intérprete de Frank Underwood, personagem principal da série da Netflix, foi demitido da produção em 2017 após uma série de denúncias de assédio e abuso sexual contra ele.

Segundo o Deadline (via AV Club), um tribunal decidiu que Spacey deve à MRC mais de US$31 milhões, cerca de R$173 milhões, sendo US$ 29 milhões em receitas perdidas e US$1,4 milhão por honorários advocatícios.

Kevin Spacey e a produtora de House Of Cards

O portal ainda informa que a decisão a favor da empresa foi tomada pelo árbitro Bruce Friedman há mais de um ano, em Outubro de 2020, porém, ela permaneceu confidencial até que um painel de arbitragem de três juízes negou o pedido de recurso de Spacey. A decisão indica:

O Árbitro concluiu que a conduta de Spacey constituiu uma violação material de seus acordos de atuação e produção executiva com o MRC, e que suas violações justificavam as obrigações do MRC de pagar a ele qualquer compensação adicional em relação ao Show.

O documento também declara que as violações flagrantes de contrato de Spacey causaram e tornaram-no (e a suas entidades afiliadas) responsáveis ​​pelas dezenas de milhões de dólares em perdas que a MRC sofreu após a decisão de parar a produção da 6ª temporada de House Of Cards.

A temporada inteira da série precisou ser reescrita para omitir o personagem de Spacey e foi encurtada de 13 para oito episódios para cumprir o prazo de entrega.

Acusações contra Kevin Spacey

O ator foi afastado da indústria cinematográfica em 2017 após o ator Anthony Rapp alegar que tinha sido assediado por Spacey quando tinha apenas 14 anos.

Posteriormente, a CNN relatou que oito membros da equipe de House Of Cards acusaram Kevin de assédio sexual e agressão.

Além disso, pelo menos 15 homens fizeram alegações contra Spacey o acusando de assédio, agressão e pedofilia.

Porém, uma das acusações de abuso sexual contra o ator foi retirada, enquanto outras duas não tiveram continuidade após as supostas vítimas falecerem.

Recentemente, te contamos que apesar de todas os escândalos envolvendo o ator, ele foi convidado pelo cineasta italiano Franco Nero para participar de um filme e interpretar um policial que investigará o caso de um homem que é “injustamente acusado de abuso”, saiba mais aqui.

   
Compartilhar