David Gilmour e Roger Waters
Fotos via Wikimedia Commons
 

Roger Waters relembrou o período em que tocava no Pink Floyd e aproveitou para fazer duras críticas aos seus ex-companheiros de banda.

O icônico músico falou sobre o assunto no podcast WTF With Marc Maron, que apesar de ter sido gravado em 2016 só foi disponibilizado recentemente.

Ao falar sobre sua saída da banda em 1985, Waters disse que “foi muito importante ter saído naquele momento” — seu último trabalho com o grupo foi o disco The Final Cut, lançado em 1983. Sobre como estava o clima ao lado dos outros músicos do Pink Floyd, ele declarou (via Loudersound):

Eu estava em um ambiente muito tóxico, onde estava perto de algumas pessoas… Bem, David (Gilmour) e Rick (Wright), principalmente, estavam sempre tentando me arrastar para baixo. Eles estavam sempre tentando me derrubar.

O cantor ainda apontou que seus ex-colegas de banda diziam que ele era “ruim de ouvido e não entendia de música”. Em seguida, ele não economizou nas fortes palavras para definir os músicos:

Eles eram muito arrogantes e presunçosos porque se sentiam insignificantes, eu acho.

Roger Waters e Pink Floyd

Ainda na entrevista, o ex-vocalista e baixista do Pink Floyd foi questionado sobre a contribuição da banda para a música.

Apesar de num primeiro momento não ter mostrado muita empolgação em sua resposta, ele reconheceu que o grupo conseguiu realizar um significante trabalho. Ele disse:

Nunca fui muito intelectual sobre isso. É algo que aconteceu, esse desenvolvimento. Agora eu entendo muito mais do que antes sobre isso.

Aqueles anos em que estivemos juntos, seja como for socialmente, não há dúvida de que fizemos um trabalho muito bom juntos. Não compartilhamos a visão, mas compartilhamos o trabalho.

Recentemente, o Pink Floyd anunciou o relançamento do álbum A Momentary Lapse of Reason, de 1987.

O trabalho, primeiro após a saída de Roger Waters do grupo, chegará as plataformas digitais em 19 de Outubro. Saiba mais aqui e ouça no player abaixo o podcast completo com Roger Waters.

LEIA TAMBÉM: Roger Waters e o show em que ele “expulsou” crianças ricas de coral

   
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.
 
Compartilhar