Scott Weiland, Stone Temple Pilots
Foto: Wikimedia Commons
 

A vida e obra de Scott Weiland, saudoso vocalista do Stone Temple Pilots, serão mostradas nas telonas.

De acordo com informações do The Hollywood Reporter, o estúdio Dark Pictures até escolheu o nome do filme: Paper Hearts.

O título remete à canção “Trippin’ on a Hole in a Paper Heart”, presente no disco Tiny Music… Songs from the Vatican Gift Shop (1996).

O roteiro do longa já está sendo escrito pela cofundadora da Dark Pictures, Jennifer Erwin, junto com Anne Beagan, e será baseado na autobiografia do roqueiro lançada em 2012, Not Dead & Not for Sale.

O livro de David Ritz explora temáticas polêmicas da vida de Weiland, como o abuso de drogas, a violência sexual sofrida na adolescência e até uma tentativa de assassinato em Paris.

“É uma honra que tenham confiado a mim a missão de contar a história do Scott e também traçar um retrato de seu lado menos conhecido – o homem amoroso e carinhoso que ele era, o atleta do colegial que ele foi, sua alma melancólica e o frontman lendário que ele era,” disse Erwin por meio de um comunicado.

“Scott foi glamoroso, complicado e machucado. Sua infância teve um grande efeito nas suas batalhas contra o vício,” acrescentou Beagan.

Agora, fica a pergunta: quem deveria interpretar o cantor?

Músicas Inéditas de Scott Weiland

A Dark Pictures terá acesso irrestrito ao material de Weiland, incluindo músicas nunca antes lançadas.

“Nós queremos realizar o filme mais autêntico possível sobre esse artista inesquecível. Além das memórias de Scott, vamos nos conectar às pessoas próximas para pegar os mais importantes detalhes,” afirmou o produtor Orian Williams.

Também vocalista do supergrupo Velvet Revolver, Scott Weiland foi encontrado morto aos 48 anos dentro de um ônibus de turnê em Minnesota em Dezembro de 2015, vítima de uma overdose de drogas.

Ele estava excursionando pelos Estados Unidos com sua banda na época, a Scott Weiland & the Wildabouts.

LEIA MAIS: Stone Temple Pilots anuncia edição de 25 anos do clássico “Tiny Music…”