Rage Against The Machine em 2020
Foto: RATM.com
 

A situação está complicada na Faixa de Gaza em mais um episódio do longo conflito entre Israel e Palestina, e o Rage Against the Machine não deixou de se pronunciar sobre a situação declarando seu apoio aos palestinos.

Na conta oficial do RATM no Twitter, que não é verificada mas tem a “bênção” dos quatro membros da banda, os quais não participam diretamente das postagens, foi postado um comunicado que dizia:

A violência e as atrocidades que estamos testemunhando em Sheikh Jarrah, no complexo da Al Aqsa e em Gaza são uma continuação de décadas do apartheid brutal de Israel e da ocupação violenta da Palestina. Estamos ao lado do povo palestino enquanto eles resistem esse terror colonialista em todas as suas formas.

Para não deixar dúvidas, o guitarrista Tom Morello também compartilhou diversas postagens em sua conta pessoal. Por lá, Morello apoiou diversas críticas feitas por Jeremy Scahill, co-fundador e editor do The Intercept, à forma como a administração de Joe Biden está lidando com o conflito. O atual mandatário dos EUA disse que Israel estaria agindo em direito de resposta porque há “milhares de foguetes voando” em direção ao território do país.

Rage Against the Machine se pronuncia sobre Palestina

Ainda na conta oficial da banda, os responsáveis ironizaram os comentários que certamente devem ter aparecido (ou vão aparecer) de pessoas contrárias ao posicionamento do grupo:

Aguardando os ‘fiquem fora de política’ e ‘se atenham à música’.

Você pode ver as postagens logo abaixo ou acessando a conta por aqui.

 
Compartilhar