Juliette Freire e Francisco el Hombre
Fotos: Instagram @juliette / Julia Rodrigues
 

Ontem à noite (04), a paraibana Juliette Freire tornou-se uma das maiores campeãs da história do reality show Big Brother Brasil.

Com mais de 90% dos votos para levar o título, ela desbancou Camilla e Fiuk, que ficaram com o segundo e o terceiro lugar, respectivamente, e levou para casa o prêmio de 1 milhão e meio de reais.

Mais que isso, ela tornou-se um verdadeiro fenômeno da Internet e das redes sociais, já que só no Instagram conta com mais de 25 milhões de seguidores, por exemplo.

Tiago Leifert, Francisco el Hombre e Juliette

Durante todo o programa, Juliette cantou o hino “Triste, Louca ou Má”, da banda paulistana Francisco, el Hombre, algumas vezes, e isso não passou despercebido.

Não passou despercebido, inclusive, pelo apresentador do BBB, Tiago Leifert, que no discurso onde revelou a vitória de Juliette, usou o título da canção para falar a respeito da sua trajetória até ali.

Como você pode ver no vídeo acima, Tiago disse:

Tentaram de tudo, Ju. Tentaram te deixar triste, te deixar louca e te deixar má. Você tinha razão.

Quando te deixaram triste, você fez a gente dar muita risada. Quando tentaram insinuar que você era ‘dôdja’, você também não acreditou. Você não mudava sua opinião e você não caía na armadilha de atacar um alvo fácil, como fizeram com você.

Quando você tinha todas as razões do mundo aqui dentro para se tornar má, você continuou bondosa.

Alegre, sã e boa foi o que você fez. E ser assim no BBB é muito perigoso, Juliette, porque ninguém acredita em você.

Como é possível uma pessoa ser assim hoje em dia? Tudo se polariza e ela vem querer dialogar comigo? Ter paciência? Me perdoar? Isso nãoe xiste mais, não é possível, ela está mentindo pra mim, ela é falsa, vamos colocá-la no paredão. E era o exato oposto disso, era tudo verdade.

Mas a verdade também, Ju, é que vocÊ nunca esteve sozinha em nenhum momento e você nunca mais vai se sentir sozinha na sua vida.

Isso quem tá dizendo não sou eu, são os quase 24 milhões de seguidores que você tem nas redes sociais. Juliette, você é um fenômeno.

No palco montando pelo público, você nunca saiu do primeiro lugar. Você é a campeã do BBB 21, Juliette. Você ganhou, Ju!

E aí, é só a gente que está esperando ansiosamente por esse feat. com uma das bandas mais significativas pra história do TMDQA! em nossos 12 anos de existência? <3

Ao final da matéria você pode ver o clipe oficial da canção, bem como uma performance da vocalista Ju Strassacapa no VANS Apresenta: Festival Tenho Mais Discos Que Amigos! e Powerline, cantando “Triste, Louca ou Má” e uma música de sua carreira solo.

“Triste, Louca ou Má” – Letra

Triste, louca ou má
Será qualificada ela
Quem recusar
Seguir receita tal

A receita cultural
Do marido, da família
Cuida, cuida da rotina

Só mesmo rejeita
Bem conhecida receita
Quem, não sem dores
Aceita que tudo deve mudar

Que um homem não te define
Sua casa não te define
Sua carne não te define
Você é seu próprio lar

Um homem não te define
Sua casa não te define
Sua carne não te define
Você é seu próprio lar

Ela desatinou
Desatou nós
Vai viver só

Ela desatinou
Desatou nós
Vai viver só

Eu não me vejo na palavra
Fêmea: Alvo de caça
Conformada vítima

Prefiro queimar o mapa
Traçar de novo a estrada
Ver cores nas cinzas
E a vida reinventar

E um homem não me define
Minha casa não me define
Minha carne não me define
Eu sou meu próprio lar

E um homem não me define
Minha casa não me define
Minha carne não me define
Eu sou meu próprio lar

Ela desatinou
Desatou nós
Vai viver só

Ela desatinou
Desatou nós
Vai viver só

Ela desatinou (e um homem não me define)
Desatou nós (minha casa não me define)
Vai viver só (minha carne não me define)
Eu sou meu próprio lar

Ela desatinou (e um homem não me define)
Desatou nós (minha casa não me define)
Vai viver (minha carne não me define)
Eu sou meu próprio lar

Ouça o novo álbum do Melim!