Rádio nos EUA toca Metal e é acusada de satanismo
 

Fazia tempo que não ouvíamos falar de uma boa e velha associação do Heavy Metal com o satanismo, hein? Pois chegou a hora de matar a saudade graças a uma situação bizarra que está acontecendo em Nova Jérsei, nos EUA.

Um grupo cristão está se movimentando pelo fim da WSOU, uma rádio que é ligada à universidade católica Seton Hall. Fundada em 1986, a estação é conhecida por tocar hits do Rock e do Metal e tem em seu catálogo algumas escolhas bem pesadas — canções de bandas como Dimmu BorgirCandlemassOpethWhitechapel e outras do tipo estão entre as que aparecem por lá.

Por isso, os religiosos criaram uma organização que tem como lema “encerrar as atividades de 34 anos da transmissão mais depravada da rádio”, já que acreditam que a ideia dos radialistas é propagar o satanismo. Sim, você leu certo e nós estamos no ano 2021.

De acordo com a Metal Hammer, eles citam como exemplo as músicas “The Serpentine Offering”, do Dimmu Borgir, que seria “uma chamada explícita à adoração satanista por uma banda abertamente satanista” e “Bewitched”, do Candlemass, que “chama o ouvinte para ajoelhar e se ceder ao mal”.

Em resposta, a universidade avisou que constantemente faz reuniões para “revisar o conteúdo da estação e suas políticas e padrões de operação”, como se dizendo que não pretende tomar nenhuma atitude quanto a isso. A Seton Hall ainda disse que valoriza sua “programação abrangente e popular”, mas busca “incorporar e integrar a missão e o ministério católico” a ela.

Esperamos que assim seja e que a WSOU continue cumprindo a sua missão de tocar “o Rock and Roll mais barulhento” possível por anos e anos. Você pode saber mais sobre a rádio pelo site oficial.