DMX
Foto do rapper DMX via Shutterstock
 

Nos últimos dias, o mundo do Rap sofreu uma grande perda quando DMX nos deixou aos 50 anos de idade.

O rapper é dono de alguns dos maiores hits do Rap dos anos 90 e isso ficou evidente após seu falecimento, com diversas de suas canções tendo um aumento absurdo de reproduções nas plataformas de streaming e até em vendas digitais/físicas.

Conforme apontam dados da Billboard (via NME), os dias 9 e 10 de Abril tiveram um total de 75,7 milhões de streams sob demanda das músicas e vídeos de DMX. Nos dois dias anteriores (7 e 8), esse número era de “apenas” 7,36 milhões, o que representa um aumento de 928%.

Mais do que isso, os aumentos individuais também são um atestado à importância do rapper. A que mais cresceu foi “Ruff Ryders’ Anthem”, faixa que dá nome à sua empresa de entretenimento, chegando a aumentar 973% e atingindo 9,59 milhões de reproduções.

Os próximos maiores crescimentos foram de “Party Up (Up in Here)” (941% a mais, chegando a 5,20 milhões), “X Gon’ Give It to Ya” (900% a mais, chegando a 5,79 milhões), “Slippin'” (853% a mais, chegando a 5,52 milhões) e “How It’s Goin’ Down”, parceria com Faith Evans (691% a mais, chegando a 3,52 milhões).

Pra fechar, o aumento de vendas também foi substancial. Foram vendidas 101 mil cópias de suas músicas e álbuns entre 9 e 11 de Abril, o que representa 1036% a mais em comparação às 9 mil vendas entre 6 e 8 de Abril. Tudo isso fez com que a compilação The Best of DMX, lançada em 2010, atingisse o 73º lugar das paradas mundiais.

Vai deixar saudade!


TMDQA! no Telegram

Não perca as notícias mais importantes do dia e fique por dentro dos lançamentos nacionais e internacionais inscrevendo-se no Canal do TMDQA! no Telegram!
 
 
Compartilhar