Corey Taylor
Divulgação
 

Pouco depois de anunciar uma turnê com distanciamento social nos EUA, Corey Taylor resolveu falar à Rolling Stone sobre o porquê de estar pronto para viajar o país fazendo shows e, na conversa, abordou também a cultura do cancelamento.

O vocalista de Slipknot Stone Sour falou bastante sobre o tema recentemente, em especial depois que o rapper Eminem foi “cancelado” por algumas pessoas por uma música de anos atrás. Agora, ele elaborou melhor seu argumento para explicar como e por que isso lhe incomoda tanto:

Ninguém consegue mais lidar com nada, o que significa que ninguém consegue lidar com conversas sinceras mais, o que significa que todo mundo só quer cancelar a porra toda, sem qualquer espaço para crescimento. Há diversas pessoas com culpa por isso: a direita, a esquerda, a mídia, celebridades, a internet, as redes sociais, mas se você está realmente procurando quem é responsável de verdade, ou mais proeminentemente irresponsável, você deveria provavelmente procurar o espelho mais próximo.

[…]

Eu não estou dizendo que é certo — eu só estou falando como é: quando você usa o mesmo nível de indignação para merdas pequenas que você deveria reservar para as questões maiores, as pessoas NÃO vão te levar a sério. Você pode não curtir isso, mas as coisas não são feitas em um nível singular — é preciso do plural para criar mudanças, especialmente o tipo de mudança que requer juntar pessoas que podem ou não ter qualquer outra coisa em comum com você, com exceção de um breve momento de concordância no escândalo.

Depois de fazer esses diversos protestos, Corey falou sobre como as precisam parar de “protestar contra tudo” e explicou que diversas questões merecem, sim, nossa atenção — mas é preciso filtrar “como bater o martelo”:

Eu não estou dizendo que não existe coisas que merecem nossa atenção. Eu não estou dizendo que as coisas não deveriam mudar em tantas formas diferentes. Eu nem vou te dizer que você não tem direito de envolver sua paixão na mudança social. O que eu estou dizendo é para escolher seus lugares, saiba o que diabos está acontecendo antes de sair correndo atrás de pessoas com forquilhas sem porra de motivo nenhum. Há muito a ser feito em tantas questões diferentes, você não PRECISA protestar contra tudo que todo mundo tenta levantar como uma bandeira vermelha.

Seja um pouco mais esperto em como você bate o martelo, porque quando tudo é um problema, isso significa que todo mundo é suspeito… inclusive vocês mesmos. Pessoas que vivem com tetos de vidro não deveriam jogar pedras, para parafrasear. Ninguém é perfeito; parem de agir como se todos devêssemos ser.

Você pode ler as falas de Corey Taylor na íntegra (em inglês) por aqui.

 
Compartilhar