roça_nova
Foto por Vitória Dantas
 

“Caipigroove”, esse é o termo usado pela banda mineira Roça Nova para definir o seu som, uma mistura entre música caipira e ritmos afro-latinos com o rock psicodélico. O grupo fez sua estreia em grande estilo com o álbum Tramoia, que chegou às plataformas em Janeiro deste ano.

Lançado de forma independente, com produção assinada pelos próprios membros da banda, o trabalho traz em sua veia o amor, a coletividade e a evolução espiritual. Por outro lado, ainda trata-se de um trabalho politizado, já que semeia novas perspectivas e percorre temáticas de resistência e resgate frente às crises culturais, políticas e ambientais da América Latina.

O álbum conta com 10 faixas no total, incluindo os singles “Roça Nova” e “Espírito Seco“. As sessões de gravação ocorreram no Estúdio Nave, em Juiz de Fora/MG. Para o vocalista e violonista Pedro Tasca, a palavra “tramoia” sintetiza a essência do repertório.

A obra é o nosso artifício para traçar uma linha tênue entre a resistência coletiva e o resgate da regionalidade. Por isso, nos inspiramos em Chico Science & Nação Zumbi, Clube da Esquina, Metá Metá, Maurício Tizumba e Marku Ribas.

Financiamento Coletivo

O grupo agora se prepara para lançar Tramoia em um lindo vinil verde translúcido de 180 gramas e, para isso, recorreu a um financiamento coletivo, com recompensas que vão desde adesivos e ímãs até um show completo da Roça Nova. Entre elas, claro, está também o próprio disco de vinil.

As recompensas serão confeccionadas com o valor arrecadado na campanha, que se encerra no dia 01 de Abril de 2021. No momento desta publicação, o grupo já arrecadou 55% da meta final, mas ainda falta um pouco para chegarem ao valor mínimo para o projeto sair do papel.

Você pode conhecer o projeto, escolher suas recompensas e colaborar com a campanha através do site rocanova.art.br. E não se preocupe, caso a campanha não atinja a arrecadação mínima, os valores serão devolvidos integralmente para os contribuintes. Nossa torcida é pra que dê tudo certo!

Continua após o player.

Roça Nova .DOC

O disco Tramoia foi idealizado literalmente durante uma imersão do grupo na roça. Isso porque Pedro Tasca (voz e violão), João Manga (voz e bateria), Marco Maia (guitarra), Hector Eiterer (baixo) e Bernardo Leitão (percussão) desenvolveram toda a pré-produção num retiro rural, em Patrimônio da Penha, no Espírito Santo.

Todo esse processo de concepção, assim como as sessões de gravação, foram captados para uma mini-série documental. Intitulado Roça Nova .DOC, o documentário foi dividido em três episódios: “A Roça e a Cena“, “A Trama” e “A Tramóia“.

A produção ficou a cargo da Chá Audiovisual, com direção de Lucas Machado, que ainda divide o roteiro com Pedro Tasca. Você confere o resultado na íntegra logo abaixo.