AC/DC e a Privada
Fotos Stock via Shutterstock
 

É, amigos, se vocês acham que o AC/DC está na estrada há tempo suficiente para ter revelado todas as suas histórias, estão enganados!

Angus Young, guitarrista da banda, esteve no programa de Zane Lowe e por lá foi questionado a respeito de segredos por trás de grandes clássicos do grupo australiano (via CoS).

Para responder a pergunta do apresentador, ele não pensou duas vezes e celebrou a história de um dos maiores hits do Rock And Roll em todos os tempos, o clássico “Highway To Hell”.

Por lá, ele falou:

Havíamos começado o disco Highway to Hell, estávamos em Miami e estávamos no estúdio de ensaio, trabalhando nisso tudo.

Estávamos criando novas canções. E estávamos lá há duas semanas e estávamos meio devagar. E aí eu cheguei um dia com o meu irmão Malcolm, e logo antes de entrarmos, eu disse, ‘Tenho uma ideia na minha cabeça’.

Então eu entrei e ele entrou, e eu comecei a tocar a introdução. Então eu estava fazendo o da-da-da, da-da-da. E aí eu disse para Malcolm… eu tinha um lance com a bateria. E eu disse, ‘Eu só quero entrar no momento certo.’ E ele disse, ‘Okay’.

Malcolm sentou-se atrás da bateria e disse, ‘Certo, me deixe saber quando você ouvir a batida pra baixo, a primeira batida pra baixo do que você quer.’ Então foi o que eu fiz. Eu disse, ‘Vou fazer o meu drop,’ e ele disse, ‘E eu vou seguir o seu pé.’ Então ele criou a batida. Foi assim que construímos. Mas eu não tinha nada pra cantar. E ele estava dizendo para mim, ‘Bem, você pode criar alguma coisa?’ E eu disse, ‘Okay, me dê alguns minutos’.

Privada e “Highway To Hell”

Foi aí que Angus Young surgiu com uma das músicas mais tocadas em todos os tempos:

Aí eu fui para o banheiro, e eu estava no banheiro e estava lá sentado e pensando. E eu estava lá, sentado no trono, mais ou menos, e aí pensei, ‘Acho que consegui. Consegui. Consegui. Estou com a ideia na minha cabeça.’

E aí eu voltei e disse, ‘Eu consegui. Highway To Hell’ – e eu entrei em cima dos acordes que tínhamos tentando com um refrão. E ele falou, ‘Sim, isso vai funcionar.’ E ele disse, ‘Se a gente espalhar um pouquinho até o lance completo com a voz.’ Então ele surgiu com a expansão disso tudo, cantando ‘Highway To Hell’.

Sensacional, hein?

 
 
Compartilhar